Artrite

artrite
  1. iza says:

    ola, boa noite.
    adotei uma gatinha recentemente, ela é normal, frenética, corre e brinca bastante, se alimenta corretamente em um fluxo natural.
    Percebo que às vezes ela joga a patinha dianteira, como um movimento involuntário, e daí ela vai e começa a lamber. Não acontece o tempo todo, mas percebo algumas vezes ao dia. Esse movimento involuntário é normal?

    Obrigada.
    Abs

  2. Rita Ericson says:

    Olá Iza,

    não sei se entendi bem o movimento que você descreveu.
    Os gatos são extremamente sensíveis ao tato. As vezes, uma sensação na pele faz com que eles apresentem uns movimentos estranhos e lambam a pele.
    Se restarem duvidas, entre em contato.
    Abraço
    Rita Ericson

  3. Giovanna says:

    Oii meu nome é Giovanna; tenho um vira-lata mas ele é um amor de cãozinho, ja tem uns 8 anos, de 1 semana pra ca ele, fica só chorando embaixo da cama, não consegue subir no sofa nem na cama, tenho reparado que ele ta meio tristinho tb pq a noite ele chora muito. O que pode ser ajuda meu cãozinho….
    Desde já Obrigada
    Giovanna

  4. Rita Ericson says:

    Olá Giovanna,

    pela sua descrição, ele parece sentir dor articular.
    Leve-o para consulta veterinaria a fim de fechar o diagnostico e definir o tratamento.
    Abraço
    Rita Ericson

  5. Camila says:

    Olá, tenho um vira-lata com uns 12 anos, com tem muita força de vontade.. ele quer brincar, correr e tudo mais, só que ultimamente ele tem comido parede e em pouquíssimo tempo emagreceu muito, está com traseiro seco/magro, suas pernas traseiras estão fracas. Houve um tempo que ele reclamau de dor, mas medicamos ele com o remedio indicado pelo veterinário e havia melhorado, mas agora veio essa mudança rápida, o que pode ser?
    muito obrigado.
    Camila

  6. Rita Ericson says:

    Olá Camila,
    pelo seu depoimento, ele pode apresentar diversas patologias.
    A perda muscular é comum nos idosos, mas também pode haver uma causa específica.
    Leve-o para consulta veterinaria.
    Mande noticias
    Abraço
    Rita Ericson

  7. Leandro Werner says:

    Olá. Tenho uma cocker de 3 anos, e de dois anos para cá ela teve três ataques que paralisaram suas patas traseiras, voltando logo depois. Moramos em um apartamento. O que pode ser? Como posso tratar para que não fique mais sério? Obrigado

  8. Rita Ericson says:

    Olá Leandro,

    impossível opinar sem examinar seu animal, ela já fez exames complementares?
    Mande noticias

    Abraço
    Rita Ericson

  9. Joelma Guedes says:

    Vou relatar o caso do meu poodle de 5 anos. Há uns 20 dias de uma hora para outra ele acordou latindo muito, como se tivesse pisando na pata dele com toda força…e esses latidos de dor era constante…isso me preocupou muito. Levei a uma veterinária e pelos exames de sangue constatou que estava com anemia e podia ser a Doença do carrapato. O que depois foi contatado q ue não e ra, pois a anemia melhorou. Trouxe de volta para casa com medicamentos passados por ela. So que o Cachorro não teve melhora e latia demais com dor, sempre no periodo da manha e noite. SEmpre que late ele baixa a cabeça, fica com as pernas traseiras para frente e as dianteiras em forma de X(encruzadas). Tive q ue levar a outra veterinária e fez Ultrason, não era pedras nos rins, fez raio x nas patas e nada foi constatado, fez o toque para ver se era Patela e tb não foi constatado. deixe internado por 5 dias, trouxe de v olta para casa e esta t ormando antibiotico, antiflamatorio e buscopam, e a d or continua, estamos esperando um resultado de exame de sangue para ver se é Pacreatite. E já não sabemos mais o que fazer com ele. O que vcs me dizem disso. Pelo amor de Deus

  10. Rita Ericson says:

    Olá Joelma,

    muito difícil opinar sem examinar sue animal.
    Você sabe se examinaram a coluna cervical (pescoço) dele?
    Mande noticias.
    Abraço
    Rita Ericson

  11. Marcia Magrin Scheifler says:

    Temos Uma cadela labrador, a BALY, que esta com 11 anos.De uns tempos para cada comecou a ter movimentos involuntarios nas pernas. quando esta dormindo ou cochilando, faz movimentos como se estivesse correndo. esses movimentos duram as vezes mais de 2 minutos. a uns tres anos atras ela fez um raio x da coluna que constatou calcificacao. na epoca ela havia perdido a força das pernas traseiras. Sera que as duas coisas estao relacionadas? ha algum tratamento para estes movimentos ?
    Agradeco

  12. Rita Ericson says:

    Olá Marcia,

    você poderia levá-la para consulta com neurologista veterinario.
    Estes movimentos só acontecem durante o sono?
    Ela já apresentou convulsões?
    Acredito que a acupuntura pode ser a melhor opção, dependendo da causa das mioclonias.
    Mande noticias
    Abraço
    Rita Ericson

  13. Silvana says:

    Olá, tdo bem?
    Tenho uma poodle ela está com uns 15 anos e de uma semana para cá está apresentando os seguintes sintomas: ela está com a regiáo da barriga dura e suas patas traseiras estão sem força. Ela caminha mais devagar do que de costume. Está se alimentando bem. bebendo agua normalmente e fazendo suas necessidades fisiológicas normais. Está mais queta em seu canto, só sai dele para me acompanhar pela casa e dormir. No começo achei que fosse uma prisão de ventre e mal estar, dei luftal e analgésico, pois ela já havia tomado anteriormente em outra ocasião e obteve melhora. Agora está tomando analgésico e antiflamatório, mas observo que ainda está com os mesmos sintomas. Quando a levo para passear ela anda meio cambaleante e não tão disposta como antes. O que deve ser? Ela é muito meiga e carinhosa, minha companheira. Abraços.

  14. Monica says:

    Olá, tenho uma cofap de 6 anos. Faz mais ou menos uma semana que ela começou a tremer e ficar quieta em uma quanto, além de estar saindo um liquido marrom do anus depois que ela faz as suas necessidades. Pessei a dar um antiflamatorio e percebi melhoras. Hoje quando cheguei em casa percbi que ela estah sem força nas pernas traseiras, mas ela continua comendo normal, tomando agua, ficando feliz quando me ve e brinca com os meus outros cachorros (detalhe é que adotei ela, ela passou muito tempo atras de uma casa sem os necessários cuidados e sem as vacinas, o que pode ser? estou muito preocupada!

    Obrigada

  15. Rita Ericson says:

    Olá Silvana,

    estes sintomas podem ser comuns a muitas patologias diferentes.
    Leve-a para consulta veterinaria.
    Abraço
    Rita Ericson

  16. Rita Ericson says:

    Olá Monica,

    os cães desta raça (teckel ou daschund) tem uma tendencia a desenvolver hernia de disco.
    Leve-a para consulta veterinaria, provavelmente ela precisará fazer exames complementares (rx, tomografia, ressonancia magnetica) para confirmação diagnostica.
    Cuidado com a administração de anti inflamatorios, eles podem causar disturbios gastro intestinais graves.
    Mande noticias
    Abraço
    Rita Ericson

  17. Agnes Kich says:

    Olá, tenho um pinscher com chiuaua que está com 13 anos. Ha uma sema ele está com dificuldades para caminhar. As patas traseira caem quando ele tenta andar, as vezes elas se cruzam. Fui ao veterinário e o meu cachorrinho foi medicado com injeção de antiinflamatórios e um remédio chamado Gerioox durante uma semana. Por causa da dor foi medicado ainda dipirona. Infelizmente eu não vi resultado, pois o meu véinho continua chorando (acredito de dor) e não tem força para se erguer e caminhar. Ele faz xixi normal, bebe água e de ontem para hj anda sem apetite. O que pode ser? O que mais posso fazer por ele? Não quero ver ele sofrendo, mas tbm não quero perde-lo! Obrigada

  18. Rita Ericson says:

    Olá Agnes,

    muito dificil opinar sem examinar seu animal.
    Ele não apresentou nenhuma melhora com o uso do antiinflamatorio?
    Talvez seja um problema neurológico, converse com o veterinario que tratou dele.
    Mande noticias
    Abraço
    Rita Ericson

  19. Tenho uma boxer de 10 anos Lola, ela começou a apresentar dificuldades para levantar e caminharvejo que é nas patas trazeiras….estamos dando remédios mais gostaria de saber se devo separar ela de animais mais novos….deixar ela ficar parada ou deixar ela se movimentar… obrigado aguardo seu retorno.

  20. Rita Ericson says:

    Olá Rosemari,

    eu não vejo necessidade dela ficar separada dos outros animais.
    Se ela demonstrar dor, desconforto ou impaciencia de ficar junto deles, aí sim seria interessante deixá-la sozinha, de repouso.
    Mande noticias
    Abraço
    Rita Ericson

  21. adriano marques says:

    Olá Eu tenho uma linda cachorra da raça duchsaud ou linguicinha ela esta com 05 anos e notei que entre 03 dias não sai da casinha dela. Fui busca-la e se arrastava.
    Levei ao veterinario e ele me indicou Azium tres aplicações e outros remedio por 03 dias.
    Voltei a ele e me indicou 03 aplicações de citoneurim porem ela continua sem andar e não cordena urina e vezes o que devo fazer? O que ela tem?
    grato.

  22. Rita Ericson says:

    Olá Adriano,

    os teckels ou daschunds possuem uma pre-disposição para hernias de disco.
    O diagnostico é confirmado atraves de exames complementares (rx, tomografia, mielografia).
    Dependendo da confirmação e do grau, a acupuntura pode ajudar muito. Em alguns casos, o tratamento é cirurgico.
    Mande noticias
    Abraço
    Rita Ericson

  23. Leandro Aguiar says:

    Olá Rita, tudo bem?

    Tenho um poodle de 12 anos, super saudável e disposto. Porém, após acordar ontem pela manhã ele estava com as patas de trás mole, tentava andar, não conseguia e acabava sentando… Durante o dia ficou deitado e quando resolvia andar, era bem devagar e torto, sem força nas patas. Hoje, eu o observei durante o dia, ele está evitando andar, mas já está bem melhor que ontem, mas ainda tem medo de pular e levantar-se com as patinhas traseiras. Não tem febre (nariz gelado e molhado), está comendo normalmente, sem secreções no olho e nariz (fiquei com medo de ser cinomose canina). Não temos muitas condições de levá-lo ao veterinário, porém em casos mais grave sempre o levamos. Você acha que neste caso é bom levarmos ao veterinário ou seria possível continuar observando se ele melhora aos poucos. O que poderia ter causado isso? Importante dizer que ele está tomando o remédio Cort-Trat SM (1 comprimido por dia) para alergia. Porém, pelo que li na bula, o remédio pode ser indicado para processos inflamatórios articulares, tendinites, etc. Ele está tomando o remédio a 2 semanas.

    Muito obrigado desde já.

    Att., Leandro Aguiar.

  24. Rita Ericson says:

    Olá Leandro,

    seu poodle está com as vacinas em dia?
    Se ele não estiver melhor, leve-o para consulta veterinaria.
    Em geral, os corticoides são usados para processos inflamatorios, mas numa dose mais alta.
    Converse com o veterinario que receitou o Cort-Trat para ele.
    Abraço
    Rita Ericson

  25. Tenho um buldogue frances de 4 anos , ele pulou um muro de 80 cm por três vezes , está apresentando problema, as vezes não consegue ficar de pé, será a coluna ou torção? Como posso descobrir?
    Obrigado.

  26. Rita Ericson says:

    Olá Maria,

    impossível opinar sem examinar seu animal.
    Leve-o para consulta veterinaria.
    Pode ser necessario fazer um exame radiologico para confirmar o diagnostico.
    Abraço
    Rita Ericson

  27. Leandro Aguiar says:

    Olá Dra. Rita, boa tarde !
    Levei o Boby ao veterinário, conforme sua orientação. Fizemos exame de sangue (Bioquímicos), apresentando os seguintes resultados:

    Uréia : 90,3 mg (referência 10 a 60)
    Fosfatase alcalina: 208 (referencia 10 a 96)
    T.G.P. (A.L.T): 422 (referencia 7 a 92)

    Ou seja, o Boby está com grandes alterações.

    A Veterinária receito 280 Mg de Legalon (Silimarina), a cada 12 horas.

    POrém, andei consultando a internet e achei essa quantidade muito alta, para um cachorro de 13 Kg.

    Poderia opinar?

    Graças a Deus não é nada relacionado a Cinomose. E espero que o Boby se recupere logo.

    Muito obrigado,
    Leandro Aguiar.

  28. Rita Ericson says:

    OLá Leandro,

    apesar dos valores estarem alterados, não me parece muito grave.
    Fique tranquilo, confie neste tratamento, ele vai melhorar!
    Abraço
    Rita Ericson

  29. Larissa says:

    Olá, tenho um cão com 14 anos de idade, mas há 3 dias ele não se levanta, não tem firmeza nas patas traseiras, defeca deitado, não quer comer, e quase não bebe água, está muito magro, quando vou ajudá-lo a se levantar ele geme, parece-me que ele sente dor no quadril. Ele tomando as medicações necessárias é possível que ele volte a ter uma vida saudável? como faço para ele comer? não quero interná-lo novamente em uma clínica, tenho medo que ele morra sozinho, o que devo fazer? Algumas pessoas estão dizendo que é melhor sacrificá-lo, é verdade? isso pra mim é horrível, estou muito triste. Por favor, me ajude,obrigada.

  30. Rita Ericson says:

    Olá Larissa,

    esta situação é realmente muito difícil.
    Leve seu cachorro para uma consulta e converse com o veterinário sob as chances de melhora e/ou o quanto ele está sofrendo.
    A eutanasia, por mais difícil que seja, pode ser um ato de amor, aliviando o sofrimento do animal.
    Abraço
    Rita Ericson

  31. Bruno says:

    Olá,

    Tenho uma cadela com, aproximadamente um ano de idade. Há uns dias levei-a a passear, num dia de bastante calor. Encontrou outros cães e correu, latiu, brincou freneticamente uns 10 ou 15m. De repente começou a esfregar-se no chão e começou a perder as forças. Por duas vezes começou a andar de lado e caiu, como se não tivesse força. Levei-a para casa, bebeu água e aparentemente ficou bem. Esta situação já aconteceu duas vezes (ambas em dias de bastante calor). Será que a cadela tem algum problema (coração por exemplo) ou pode apenas ter sido cansaço?

    Cumprimentos,

    Bruno

  32. elisabete dartora says:

    oiii eu tenho uma poodle ela tem 5anos estamos preocupados pois ela ta mancando nas perninhas de traz nao parece que tem dor pois e mais quando ela fica mt deitada mas ela e um pouco obesa sera que pode ser isso???????se puder me responda mt obrigado !!!!!!!!!!!!!

  33. Rita Ericson says:

    Olá Bruno,

    é importante diferenciar um quadro de intermação (saiba mais em: http://www.bichosaudavel.com/verao-dicas-e-cuidados/) de algum comprometimento cardíaco.
    Leve-a para um check up cardíaco.
    Mande noticias.
    Abraço
    Rita Ericson

  34. Rita Ericson says:

    Olá Elisabete,

    leve-a para consulta veterinaria.
    Os poodles possuem uma tendencia a desenvolver problemas nos joelhos (ligamento cruzado), somente um exame fisico (e radiologico, em alguns casos) pode diagnosticar.
    A obesidade sobrecarrega muito as articulações, piorando qualquer quadro ortopédico.
    Abraço
    Rita Ericson

  35. Camila says:

    Olá, comprei ontem um shi-tzu me disseram que ele tem mais ou menos um mês, quando cheguei em casa percebi que ele tem dificuldade de andar com as patinhas traseiras ele consegue sustentar mas por pouco tempo e também dorme muito, acorda uns 10 minutos para fazer as necessidades e dorme novamente e não está se alimentando muito bem. O que faço? será que ele está doente ou isso é normal para filhotes de 1 mes?
    Grata

  36. Kássia Ferreira Bayma Sousa says:

    Bom dia!

    Gostaria de tirar algumas dúvidas, ou melhor, encontrar algumas soluções a respeito do meu cãozinho.

    Bom, ele se chama Isnoop… é um cão de porte pequeno onde se mistura pinscher com vira lata! rsrs

    O Isnoop é um cãozinho idoso de 17 anos muito amado. Sempre muito saudável, alimentado apenas com ração. Em sua última visita ao veterinário (a primeira em 17 anos!!!) ele passou por diversos exames e tudo está ótimo graças à Deus.

    O problema é que como ele já é um cãozinho bem idoso, mudou muito o seu comportamento. Ele não enxerga muito bem, chora muito quando não tem alguém por perto e infelizmente todos lá em casa trabalham o dia todo não tendo com quem ele ficar. Hoje acordamos as 3 da manhã com ele uivando….e assim ele fica até alguém se aproximar….depois foi dormir quetinho na dele numa boa! Sabemos que ele não tem nada porque o levamos ao veterinário…mas não sei se é frio, como eu posso saber que ele está com frio? Ele só chora assim quando não tem ninguém por perto e é impossível ficarmos perto dele o tempo todo.

    O maior problema na verdade é que mesmo descendo com ele três vezes ao dia, ele não faz mais suas necessidades, fazendo sempre dentro de casa. Até aí tudo bem, o problema é que como não tem uma pessoa que posa ficar 24hrs por dia com ele, quando chegamos em casa a mesma está só cocô espalhado por tudo quanto é lado… até aí tudo bem também, mas o problema é que como ele está ceguinho ele pisa em tudo e sai espalhando por aí.

    Gostaria que você me ajudasse me dando algumas dicas de como eu posso cuidar melhor dele…pra que ele não se sinta tão sozinho, ou pra que ele não saia pisando no cocô. Eu acho que ele faz muito cocô, de forma anormal, mas também acho que isso é pra chamar atenção.

    Como posso saber se ele está feliz? Tem algum tipo de brinquedo pra cachorro idoso? Pq ele não brinca mais… só dorme, come e faz cocô!! rsrsrs

    Enfim, preciso muito de ajuda porque meus pais estão pensando seriamente em dar ele e eu não quero de forma alguma, jamais, que isso aconteça, mas minha mãe que fica a maior parte do tempo responsável por ele já está muito cansada!

    Desde já agradeço pela atenção!

  37. Rita Ericson says:

    Olá Camila,

    a idade ideal de desmame é a partir dos 2 meses.
    Os filhotes de 1 mes são pouco desenvolvidos.
    Converse com quem te forneceu o filhote.
    Se ele não se alimentar e não se desenvolver, leve-o para atendimento veterinário.
    Abraço
    Rita Ericson

  38. Rita Ericson says:

    Olá Kassia,

    os cães idosos podem apresentar disturbios conigtivos.
    Os principais sintomas são vocalização, perda do senso de direção e incontinecia urinaria (fecal também).
    Este quadro faz parte do processo de envelhecimento.
    Existem medicamentos para minimizar os sintomas, mas o efeito é melhor percebido quando se inicia o tratamento precocemente.
    Leia os textos: http://www.bichosaudavel.com/animais-idosos/
    http://www.bichosaudavel.com/cuidados-com-animais-idosos/

    Se restarem duvidas, entre em contato.
    Abraço
    Rita Ericson

  39. Michele says:

    Oii, tenho uma beagle de 1 ano e meio, de uns dias pra cá começou a mancar uma patinha traseira, e esse semana está com as patinhas dianteiras tremendo muito para ficar de pé, ela era hiperativa e agora passa o dia deitada.
    Levei na veterinária mas ela só deu remédios para o estomago e vitaminas, e não está dando resultados.
    Será que pode ser artrite?

    Muito obrigada.

  40. Rita Ericson says:

    Olá Michele,
    não é impossível, mas seria atípico uma cadela tão jovem com um qaudro de artrite.
    Ela pode apresentar outros problemas ortopédicos.
    Será que ela está com dor?
    Entre em contato coma veterinária que a atendeu e relate o quadro atual.
    Mande noticias
    Abraço
    Rita Ericson

  41. Clara Costa says:

    Olá, tenho um pastor da mantiqueira de 7 meses e ele sempre foi ativo e brincalhão. Porém, nos últimos dias, ele está querendo só deitar, apresenta dificuldades para se levantar, come pouco, bebe pouca água. Sempre fazia artes e corria para me receber quando eu chegava, mas agora fica só sentado, me esperando chegar no local onde ele está. Quando está de pé, suas patas dianteiras tremem ou vacilam para baixo e logo ele se deita novamente. Não sei o que faço. Já dei vacina, vermífugo, troquei a ração e nada de melhora. Ele está triste. O veterinário vai hoje vê-lo, mas alguém sabe o que pode estar acontecendo?

  42. Junia Oliver says:

    Oi comprei um Beagle que esta com 46 dias de vida, porém na última semana percebi que seu rabinho está torto para o lado, não sei se ele nasceu assim ou se quebrou quando nasceu,gostaria de saber se colocando uma tala no local a cauda dele pode voltar a posição normal?
    Obrigada.

  43. Amanda says:

    Olá, eu tenho uma coelha ela aproximadamente tem 10 meses e ela pulou de sua casinha e quebrou a patinha!
    Sera que ela correria risco de vida?
    E o que devo fazer para ela não sentir dor?

    Muito obrigada!!

  44. Rita Ericson says:

    Olá Clara,
    parece que o seu cão está com dor.
    Confirme com o veterinario e se necessario, faça exames complementares para confirmação diagnostica.
    Mande noticias

    Abraço
    Rita Ericson

  45. Rita Ericson says:

    Olá Junia,
    acho pouco provável que uma tala modifique a posição da cauda.
    Também acho que ele não vai deixar a tala, vai querer arrancar de qualquer jeito!
    Se não estiver doendo, fique tranquila!
    Abraço
    Rita Ericson

  46. Rita Ericson says:

    Olá Amanda,
    eu não tenho experiencia com coelhos.
    Vocês radiografaram a pata dela?
    Tem certeza que está fraturada?
    Leve-a para atendimento veterinario.
    Abraço
    Rita Ericson

  47. Clara Costa says:

    Olá Rita…obrigada por responder minha pergunta anterior sobre o meu pastor da mantiqueira. O veterinário fez os exames e diagnosticou Cinomose. Estou muito triste. Dei todas as vacinas, mas me disseram que essas vacinas nacionais são fracas e que foi por isso que meu cachorrinho adoeceu. Gostaria de saber se isso pode ser verdade…ele pode ter adquirido essa doença horrível por eu ter dado uma vacina nacional? Abraços…

  48. Rita Ericson says:

    Olá Clara,

    na maioria das vezes, o que faz uma vacina não ser eficaz é a má conservação (ficar fora da geladeira) e a aplicação no animal que não está saudavel.
    Os animais não podem ser expostos a outros cães nem passear na rua antes da ultima dose da vacina.
    Ele está bem?
    A cinomose pode ser tratada, o sucesso depende muito da “agressividade” do virus e da resistencia imunologica do animal.
    Eu recomendo uma dieta reforçada com inhame, agrião e geleia real.
    Mande noticias
    Abraço
    Rita Ericson

  49. CLAUDIA says:

    ola ,boa noite…
    tenho um labrador femea[11 anos] ,e estou muito triste com o resultado de uma cirurgia que aconteceu a 8 dias atras…a barriga dela fica expelindo muito pus e sangue …o veterinario…vem em casa e diz que é normal…esta tomando um monte de remédios e esta muito fraca …tomando antibioticos desde 17 de agosto ela era muito gorda …agora emagreceu muito nesse periodo e esta com problemas na perna tbm …quando faz xixi não consegue se equilibrar ai cai no xixi…é normal issoo…sair pus e sangue entre os pontoss?…não sei mais o que faço…

  50. Rita Ericson says:

    Olá Claudia,

    qual foi a cirurgia que ela fez?
    Em casos de infecção e/ou contaminação (o próprio animal pode contaminar lambendo) pode haver pus e sangue na cicatriz.
    O importante é manter a ferida cirúrgica limpa e administrar os medicamentos receitados pelo veterinario (a).
    Mande noticias
    Abraço
    Rita Ericson

Faça sua pergunta!

Este quadro acontece frequentemente: seu cão já não brinca tanto, mas come, bebe água e reage alegremente quando te vê. Ele está envelhecendo e é normal diminuir o ritmo.

Mas pode não ser exatamente isso que está acontecendo. Ele pode estar sentindo dor. Um estudo recente demonstrou que 20% dos cães apresenta artrite.

Os cães são muito bons em esconder que estão doentes ou sentindo  dor. Ouço frequentemente dos proprietários que o animal não está reclamando ou chorando de dor. Eles raramente
demonstram. Para saber mais sobre dor, clique aqui.

Quando a dor é aguda (por exemplo, alguém pisa numa pata acidentalmente), eles avisam,  mas se a dor é crônica eles se acostumam a conviver com ela.

Só de pensar me dá arrepios.

Existem algumas medidas para amenizar este quadro crônico:

  1. Diagnóstico – consulte se veterinário
  2. Piso anti-derrapante – é muito difícil para 1 cão com artrite levantar, fazer curvas e correr sem deslizar e sobrecarregar as articulações. É fácil comprar 1 borrachão ou virar 1 carpete e forrar as áreas que o cão circula. Também existem sapatinho e produtos anti-derrapantes para aplicar nas patas
  3. Cama macia – principalmente se o animal for magro
  4. Medicação – além de analgésicos e anti-inflamatórios existem suplementos que podem ajudar – consulte seu veterinário
  5. Acupuntura – além do efeito anti-inflamatório, pode modificar o limiar da dor, melhorando muito a qualidade de vida
  6. Exercícios leves – podem ajudar, mas cuidado: depende do estado geral do animal
  7. Controle de peso – a obesidade pode agravar o quadro de dor articular

Carregando..
 
 
focinho do cachorro
rabo do gato