Cães e Gatos Podem Dormir na Nossa Cama?

foto de Virginia Traverssa
  1. Susana Ericson says:

    Meu felino super querido, se chama Samba e dorme desde pequeno (adotei com 10 dias de nascido…) no meu pé, em cima da minha cama ! Durmo super bem e ainda acordo com um carinho de “pata peluda” ! Rsrsrs…Isso quando ele acorda antes de mim, que é bem difícil (como os gatos dormem tanto gente ?! rs).

  2. Rita Ericson says:

    Oi Su!

    Eles dormem em media 18 h por dia!
    Eu também gosto, não há melhor bolsa d`água quente que um gato na barriga!
    Beijo
    Rita

  3. marcia says:

    Sinto saudades de dormir com a Bebel. Mas meu marido é grande demais e a cama pequena…
    Adorei o post!
    bj

  4. Laura Tavares says:

    Adorei esta materia, muitas pessoas são preconceituosas quando o assunto é o bichinho dormir com o dono, tenho uma pincher de tres anos (Belinha) que dorme comigo todos os dias.Sou muito criticada por limpa – la todas as vezes que faz coco e xixi, no cio uso agua boricada e por diversas vezes ao longo do dia faço higienização.Se sai de casa para passear, na volta passo lenço umidecido nas patas e pelo corpinho todo.É muito bom todos os dias ela se ajeitar no meu pescoço e tirar um cochilo, isso para mim não tem preço.Eu amo ela como se fosse a minha bebezinha humana.

  5. Rita Ericson says:

    Eu também adooooro, mas nem sempre consigo dormir com as minhas gatas.
    Elas são muito bagunceiras durante a noite.
    Obrigada pelo elogio!
    Beijo
    Rita Ericson

  6. Rita Ericson says:

    Olá Laura,

    as pessoas são diferentes e cada uma escolhe a maneira de interagir com seus animais.
    Aproveite bastante o chamego da sua Belinha!
    Abraço
    Rita Ericson

  7. Claudia says:

    Eu tenho dois cachorros.Um Labrador fêmea chamada Anusha e um “labralata” macho chamado Arghos. Os dois dormen na minha cama junto comigo e o meu marido.As vezes acordamos meio doloridos, mas é muito gostoso tê-los em nossa cama durante à noite e mais gostoso ainda com eles nos dando”Bom dia”.
    Abraços,
    Claudia

  8. Rita Ericson says:

    Olá Claudia,

    os animais enriquecem a nossa vida e só quem vive esta experiência é capaz de reconhcer!
    Aproveite muito os seus peludos!
    Abraço
    Rita Ericson

  9. Susana says:

    Olá, Dra,
    Aqui em casa é só o dia escurecer e eu sentar na cama, que a Cassie pula e fica me olhando como a dizer “deita logo!”. E assim que eu deito e se for de barriga pra cima, ela começa a tocar o meu ombro ou mia para eu me virar (é hilário!), e assim que faço, ela deita junto ao meu corpo, com a cabecinha em meu braço. Isto posto, Quentin, às vezes deita na curva de minha perna, mas ele decide pular pra cima do armário, junto da Sophie. Pablo ao lado do meu travesseiro, com o pé no meu braço e a Isabella no meu pé. Só sei que, ao acordar, não tem quase gato na cama.

  10. Rita Ericson says:

    Que farra, hein Susana!
    Abraço
    Rita Ericson

  11. arthur says:

    Urge avisar que no caso da foto é uma criança não adestrada dormindo na cama dos cachorros.

  12. Rita Ericson says:

    Boa, Arthurzãolove!

    beijo
    Rita Ericson

  13. Susana Cherullo says:

    Olá, dra.!
    A farra de noite ainda continua. Cada qual tem seu cantinho pra dormir e eu fico que nem múmia cercada de gatos. Nesse inverno, então!!! Não tem coisa melhor do que deitar e ficar agarradinha com o Pablo (Cassie cedeu seu posto para ele), pois ele precisa mais de se aquecer do que ela. Ele está com 15 anos e praticamente pele e osso, não tem mais músculos e muito menos gordurinha em seu corpinho. É muito bom isso!
    Bjs!
    Susana

  14. natieli says:

    Tenho duas gatas e um pincher,eles adoram dormir na cama as vezes tenho que separar eles são ciumentos. mas eu adoro, e não troco eles por nada.

  15. Elissandra says:

    Eu tinha uma gata chamada Safira e dormi com ela desde que a levei para minha casa. Nunca tive nenhum problema com relação a saude, o unico problema que surgiu foi que ela tomou conta da cama e só queria dormir no meio. Eu então tinha que ficar na beirinha, quase caindo. Resolvi comprar outra cama de solteiro e coloquei proximo da outra, que agora era dela, então tudo resolvido. resumindo: eu tinha duas camas de solteiro no meu quarto, uma minha e outra da safira. E ela não me deixava dormir na dela não.

  16. Patricia says:

    Olá Dra.,
    Hoje descobri o seu site e adorei!!! Sempre dormi com meus cães, desde criança, e nunca tive nenhuma doença. Atualmente durmo com meus dois gatos, Kevin (8 anos) e Pytia (8 meses), cada um tem o seu lugarzinho e não me incomodam em nada. De manhã, cabe a Pytia me acordar (antes a “obrigação” era do Kevin),são muitos beijos até eu levantar…sou daquelas que ouvem o despertador mas não levanta rsrsrs, ela não perde a paciência e me beija até eu levantar! É uma DELÍCIA dormir com eles!!!

  17. Rita Ericson says:

    Olá Patricia,
    obrigada pelos elogios, divulgue para seus amigos!
    Continue curtindo seus gatos!
    Abraço
    Rita Ericson

  18. Roberta says:

    Olá Drª,

    Adorei o seu site! Desde pequena dormi com meus cães e gatos. Até hoje! E nunca tive qualquer problema de saúde ou dermatológico. Muito pelo contrário, a presença deles me curavam até mais rápido de uma febre ou gripe que eu estivesse enfrentando. Quem tem um amigo de quatro patas sabe o poder que eles tem para nos curar de várias doenças, inclusive depressão. Nos dão um amor tão incondicional, que este amor nos cura.
    Deus foi muito generoso em nos deixar fazer parte da vida deles.

    Bjs e parabéns pelo trabalho!

  19. Rita Ericson says:

    Obrigada pelos elogios, Roberta!
    Eu também gosto muito dos animais e do meu trabalho.
    Divulgue o Bicho Saudavel para seu amigos,

    abraço
    Rita Ericson

  20. Nice Linhares says:

    Oi Rita,
    Como seu site é bacana, gostei muito e não consigo ficar sem ler tudinho!! Quero todas essas informações para entender melhor meu gatinho. Falando nisso ele igual ao da Susana, adora desde pequenino dormi no meu pé na cama,muito discreto e só ás vezes dá aquela esticada!!!rsrsrrs!!!Abraços!

  21. katia santos says:

    Tenha uma linda cachorrinha chamada Lisa, ela dorme todos os dias na cama comigo e sempre que vai a rua usa sapatinho e o bumbum limpo com algodão umidecido.
    Ela é a maior delícia e dona da minha casa.

  22. Rita Ericson says:

    Olá Nice,
    muito obrigada pelos elogios!
    Divulgue para seus amigos.
    Estou com um problema técnico e não consigo enviar os posts toda semana.
    Se você quiser, curta a pagina no Facebook, onde eu posto todas as atualizações – https://www.facebook.com/bichosaudavel
    Abraço
    Rita Ericson

  23. Robertta Ferreira says:

    Minha gata Milla de 3 anos eh super apegada a mim.A achei na rua e trouxe pra casa.Ela eh muito arisca ate comigo pois adotei mais 4 felinos depois dela.Ela eh a unica que dorme comigo,mas apesar desse genio forte,ela dorme a noite toda,bem tranquila….Amo qdo ela vem pra cima de mim,bem quentinha..Amo demais..Bjs em todas as gateiras de plantao

  24. TARCIANE CARACAS says:

    Bom dia Dra
    Estou maravilhada pelo seu site, amei sua página assim como amo os felinos, pois tenho seis gatos vira latas lindos e são meus filhos desde sempre rsrrsrs. Tenho uma dúvida e peço a sua ajuda, um dos meus gatos foi castrada, ele já foi castrado com 1 ano e meio mas ele continua atrás das gatas e fazendo xixi em todos os cantos da casa, ele não mudou em nada o comportamento, também falei p/ a veterinária q o castrou mas ela disse q ele ia mudar o comportamento em pouco tempo, porém, já se passaram 3 meses da castração e ele continua como se nada tivesse sido feito. Isso é normal? ele vai parar de demarcar território com urinas pela casa toda? ele vai parar de ir atrás das outras gatas para namorar? Desde já agradeço sua preciosa ajuda.

  25. Rita Ericson says:

    Olá Tarciane,
    muito obrigada pelos elogios!
    Divulgue para seus amigos!
    Alguns animais executam o comportamento aprendido (isto é, enquanto ele não era castrado) mesmo após a castração.
    Leia o texto: http://www.bichosaudavel.com/meu-gato-faz-xixi-pela-casa/
    Em relação à perseguição das femeas…podemos deixar que elas corrijam ele. Se estiver exagerado, chateando demais as gatas, corrija-o com borrifos de água ou outro barulho/sensação estranha que interrompa a ação pelo susto.
    Se restarem dúvidas, entre em contato.
    Mande noticias.
    Abraço
    Rita Ericson

  26. Lilia Nascimento says:

    Legal, ainda há pouco enviei uma mensagem pedindo orientação, pois estranhei que ao acordar de madrugada minha gatinha Chanel não estava ao meu lado (ela sempre dorme em um lada da minha cama). Sei que os Pets quando mudam o comportamento é porque tem algo estranho acontecendo, principalmente em relação a saúde; aí ainda estou preocupada e acordada até esta hora (5:00h da madruga), perdi o sono. É a primeira vez que tenho um PET, depois de mais de 20 anos(idade do meu filho). Na adolescência amava cães e gatos, e em nossa casa era um zoo de tanto bicho, mas não tinha tido mais oportunidade de tê-los. Esta gatinha tá preenchendo nossas vidas, mas como sempre a gente se apega muito, meu filho está apaixonado por ela, e acho que ela por nós. Ah..minha gatinha está mesmo se sentindo mal, ela acordou agorinha com o pelo todo eriçado, acho que está com dor. Vou ver o faço até amahecer e eu poder falar com o VET. Boa noite a todos os gateiros.

  27. Andrea says:

    b.dia meu cachorro Arthur teve febre ontem a noite e estava muito sem animo,estou realmente preoculpada,ele é poodle porte medio,e nunca ficou assim,tem 3 anops de idade,ira completar 4 para o mes,dei um ibuprofeno,a febre realmente passou e ele ate brincoui de bola comigo,mas na madrugada ele teve uma crise respiratoria,eu nao tive muito po que fazer pois estava sem o numero do veterinario,apenas fiquei acordada ao lado dele acalmando ele para que ele respirace melhor,isso pode ter sido reaçao do remedio??? o que fazer??? o pq da febre entao??? obrigada

  28. Rita Ericson says:

    Olá Andrea,

    estes sintomas podem ser comuns a diversas doenças.
    Impossível opinar sem examinar seu animal.
    Leve-o para atendimento veterinário.
    Abraço
    Rita Ericson

Faça sua pergunta!

Esta é uma questão polêmica.

Conheço animais que dormem na cama com seus donos e são todos felizes e saudáveis.

Assim como escuto várias pessoas dizendo que amam seus bichos, mas “dormir na cama nem pensar!”

A decisão de dividir sua cama com alguém (!) é muito pessoal e deve ser decidida de acordo com a sua vontade.

Quanto à segurança, posso afirmar que se o animal for saudável e estiver limpo, não há riscos.

Não sou a favor que os animais tomem muitos banhos (a não ser nos casos de tratamentos dermatológicos) e não recomendo banhos de rotina para os gatos. Considero limpo, o animal que não tem restos de fezes, alimento, lama, terra ou sujeira nas patas. Praticamente todos que moram em apartamentos ou casas sem terreno, tem este “padrão” de limpeza.

Se pararmos para pensar nos riscos de contrair doenças, nunca mais entraríamos em um elevador cheio nem beberíamos e comeríamos na rua. A vida oferece muitos riscos. Viver isolado e preocupado com isto, também.

É possível manter seu animal limpo sem maiores complicações. É fácil limpar o anus e as patas com lenços umedecidos sempre que estiverem sujos e quanto mais você escová-lo, menos pelos cairão na sua casa (e/ou cama).

Se o seu animal for do tipo agitado e bagunceiro, pode ser difícil dormir sossegado. Se ele tem tendência à agressividade, pode ser perigoso se mexer na cama e ouvir uma reclamação ou quem sabe até ser mordido (ATENÇÃO: AGRESSIVIDADE TEM TRATAMENTO!).

Todo contato físico com outro ser vivo pode ser perigoso, nem por isso vivemos isolados !

As zoonoses (doenças transmitidas dos animais para o homem e vice-versa) existem e devem ser evitadas, mas é muito raro contrair uma doença de um animal através do contato físico.

Para saber mais sobre as zoonoses importantes, visite o site http://www0.rio.rj.gov.br/ijv/zoonoses.shtm

É importante definir esta “regra” com seu animal. Quanto antes, melhor. Eles não são capazes de entender informações ambíguas, como: no dia do banho pode, mas se estiver sujo, não pode. Se for um filhote pode, depois que cresce e passeia na rua, não pode.

Deixe bem clara a sua decisão. A maioria dos problemas comportamentais é resultado de uma comunicação falha ente o homem e o animal.


Carregando..
 
 
focinho do cachorro
rabo do gato