Como Escolher uma Raça

turma da Izabel Jaguaribe
  1. Sérgio Ellery says:

    Dra. Faltou só uma dica. Se puder, antes de comprar, procure as várias ferias de adoção e veja se nelas há um peludo que se identifique com você. Adotar é tudo de bom (foi mal a propaganda!)

  2. Rita Ericson says:

    Olá Sergio,
    você tem toda razão!
    Vou adicionar sua dica.
    Abraço
    Rita Ericson

  3. Irani says:

    Boa tarde,

    Drª. Rita,

    Estou aqui novamente precisando de suas orientações, recentimente comprei um Pasto Alemão capa preta, ele está com 03 meses e só levantou até agora uma orelha isto é normal? preciso dar calcio para ele? ou a outra vai levantar naturalmente?

    Aguardo sua resposta,

    TENHA UM OTIMO FIM DE SEMANA!

    Irani Monteiro.

  4. Rita Ericson says:

    Olá Irani,

    o que determina se as orelhas ficarão eretas ou não, é a genética do animal.
    Não se deve oferecer calcio para filhotes.
    Quando eles comem uma ração de qualidade, já recebem a quantidade necessária.
    Abraço
    Rita Ericson

  5. maria messias says:

    dra rita eu tenho 4çaes 3 femeas uma tem 6 anos ela ja e idosa com qtos anos os çaes passam a serem idosos e qual a raçao que eu devo dar a elas obr5igada aguardo a resposta

  6. Rita Ericson says:

    Olá Maria,

    os cães são considerados a partir dos 7-8 anos.
    O ideal é que eles comam ração específicas para animais idosos.
    Leia o texto: http://www.bichosaudavel.com/animais-idosos/
    Abraço
    Rita Ericson

  7. dra as minhas cadelas saõ castradas uma tem 5 anos e a outra 4anos a mais velha tem 7anos as novas saõ da raça labrador estaõ engordando muitos as duas saõ altas alimentam de raçaõ ecomida preparada para çaes eu devo diminuir as refeiçoes ou naõ comem 3 vezes ao dia e ficam esperando no horario certo todo dia obrigada pela resposta

  8. minhas duas labradoras estaõ engordando muito isso começou apos a castraçaõa um ano atras devo diminuir as refeiçoes delas obrigada pela resposta dra rita

  9. Rita Ericson says:

    Olá Maria,
    o ideal é que os cães comam somente a quantidade recomendada de ração, sem mistura comida.
    Isto faz com que a alimentação fique desbalanceada e estimula uma maior ingesta de alimento, causando a obesidade.
    Leia os textos:
    http://www.bichosaudavel.com/racao-ou-dieta-caseira/
    http://www.bichosaudavel.com/obesidade-em-caes-e-gatos/

    Se restarem duvidas, entre em contato.
    Abraço
    Rita Ericson

Faça sua pergunta!

A decisão mais importante é: ter ou não ter um animal de estimação (saiba mais em: http://www.bichosaudavel.com/ter-ou-nao-ter-eis-a-questao/).

Depois de ter certeza e a família toda decidida, como escolher?

A chegada de um filhote é muito divertida e cheia de novidades, mas nem tudo são flores…

Além da grande responsabilidade, precisamos lidar com toda bagunça e energia dos filhotes.

Se a escolha vai ser de um animal de raça, qual escolher? Macho ou fêmea (saiba mais em: http://www.bichosaudavel.com/macho-ou-femea/)?

São mais de 150 raças reconhecidas no mundo, mas nem todas conhecidas por aqui no Brasil.

Existem raças de todos os tamanhos, cores, pelagens e temperamentos.
Os vira-latas costumam ser maravilhosos, mas é mais difícil prever o tamanho e o temperamento do cão adulto.

É importante lembrar, que independente do perfil da raça, existem características individuais de cada animal. Não podemos ter a garantia ou certeza de que um cão de uma raça mansa não pode se tornar agressivo.

Os animais provenientes de canis não muito sérios, que reproduzem cães com defeitos genéticos e/ou desvios comportamentais também costumam apresentar problemas inesperados para determinada raça.

(In)felizmente, os filhotes crescem. Antes de escolher uma raça, pense no cão adulto, como ele será após o primeiro ano de vida. Afinal, este filhote será seu companheiro por mais de uma década, escolha bem.

As características físicas são importantes e geralmente, as mais valorizadas na hora da escolha. Mas é fundamental escolher um cão com um temperamento que se encaixe com o seu.

Se o seu estilo de vida é atlético e externo, escolha um animal ativo, que goste de se exercitar. Se você faz mais o estilo sofá-TV, seu cão precisa ser parecido com você, mais preguiçoso e calmo.
Se você mora em apartamento pequeno, não convém ter um cão muito grande, mas se você mora numa casa com quintal, pode ser que um cão pequeno consiga passar pela cerca e acabe sofrendo um acidente na rua.

O ideal é conseguir adaptar seus desejos ao que você de fato, pode oferecer para seu animal. Existem raças que precisam de muita atenção e cuidados. Se você não tem muito tempo, evite-as.

Depois de ter a certeza de que “cabe um cão na sua vida”, escolha com cuidado e calma. Leia sobre as raças, estude, reflita. Escolha o canil, vá visitá-lo, faça muitas perguntas e tire todas as suas dúvidas.

NADA de MODISMOS! Já tivemos a fase dos pequinêses, dos poodles, labradores e hoje em dia, as raças da moda são o Buldogue Francês e o Border Collie. As características são muito diferentes, não se pode fazer uma escolha tão importante guiado pela moda.

Vale lembrar que existem muitos animais maravilhosos, disponíveis para adoção.

Procure campanhas de adoção, ONGs e grupos de proteção animal na sua cidade.

Boa sorte e saúde para seu filhote!

Clique aqui para visualizar o perfil das raças mais comuns no Brasil: http://www.lordcao.com/perfil.htm


Carregando..
 
 
focinho do cachorro
rabo do gato