Dicas Para Bom Comportamento

fila arvore
  1. Cláudia says:

    Olá Rita, bom tenho um problema sério com um dos meus cachorros, ele é um basset com pastor alemão de mas ou menos 1 ano, ele é muito desobidiente e agitado: como sandalias( não podemos deixa-la do lado de fora), subia no sofa(com muita persistencia ele parou). Mas o pior qdo o levo pra passear na rua, ele quer correr, e não obedece ao chamado. Faço isso pra ele gastar energia, ultimamente tenho o levo e solto, ele brinca bastante, mas na hora de voltar pra corrente ele não obedece, o que faço?

  2. Rita Ericson says:

    Olá Claudia

    acredito que seu cachorro precisa aprender a se comportar. Os mais agitados e bagunceiros precisam de um bom adestramento e exercicios para sedimentar o aprendizado.
    Se ele for muito ansioso, vale a pena fazer uma consulta com veterinario especialista em comportamento (eu!) para avaliar a necessidade de outras mudanças na rotina e eventualmente medicação.
    Abraço
    Rita Ericson

  3. Liamara Carvalho says:

    Olá Rita, tenho uma dashound pretinha chamada Fafá de 1 ano e 10 meses muuuuuito fofa, mas muuuuuito levada, arteira, bagunceira. Nunca vi ela andando dentro de casa. Ela só corre. Sobe na cama e morde travesseiros,puxa a toalha da mesa, roupa do varal, destrói almofadas, chinelos, panos de chão, TUDO que vê pela frente. Seu instinto caçador é aguçadíssimo e ela come TODOS os insetos que encontra. Ela tem fixação pelas nossas mãos e quer morde-las o tempo todo. Poucos são os momentos de calmaria em que aceita ficar no nosso colo quieta. Me parece extremamente ansiosa, chegando a gemer de ansiedade as vezes. Fica puxando nossa roupa e o pior: ela fica lambendo e “transando” com nossas pernas de forma compulsiva, além de morder as unhas e correr atras do rabo feito louca. Por favor me diga: Com a idade isso passa? Devo castrar para acalmar? Devo entrar com medicação? adestramento? o que posso fazer para ter meu cão mais sociavél. O que devo mudar no MEU comportamento para isso acontecer? Aguardo breve retorno. Muito obrigada pela ajuda.

  4. ANGELA MARIA GOMES DE LIMA says:

    Bom dia Rita, tenho 2 sheepdogs, de 12 e 2 anos, machos. Se dão super bem, não brigam e brincam muito,eles tem bastante espaço. Fazemos caminhada, eles vão soltos e são muito obedientes. O menor, tem um problema, toda vez que eu e meu marido chegamos, podemos ficar fora só por 15 minutos, ele pula em cima.Já tentamos todas as práticas, brigar no momento dizendo “não pula”, fazer barulho com jornal, ignorar. Ignoramos, mas assim que falamos com ele, ele dá cada pulo de quase dois metros, se nos pegar desatentos, é possivel nos machucar. não sei como consegue, pois ele é bem grande. O de 12 anos nunca fez isso, portanto não aprendeu com ele.Ele veio para nós com 3 meses e somente mais tarde é que começou a fazer isso.Será que devemos ignorar por mais tempo? O que mais podemos fazer? Nas outras atividades ele é bastante obediente, tranquilo, amigo, brincalhão. Não rosnam nem atacam ninguem.Não temos adestradores por perto.
    Por favor, me ajude, pois não gosto de animais mal educados.
    Angela

  5. Rita Ericson says:

    Olá Liamara,
    sua Fafá me parece ansiosa e o melhor a fazer é uma consulta comportamental.
    O adestramento ajuda e a castração, no caso das fêmeas, não modifica muito o comportamento, mas é indicada por outros motivos (prevenção de patologias reprodutivas).
    O que você pode fazer desde já é não aceitar estes comportamentos indesejados. Coloque-a de castigo sempre que ela morder ou roubar alguma coisa.
    O ideal é um local pequeno e sem graça (por ex: banheirinho) por somente 5 minutos. É fundamental que o castigo seja imediato a atitude. Se você não pegar no flagra, nãoa dianta brigar.
    Abraço
    Rita Ericson

  6. Rita Ericson says:

    Olá Angela,
    este é realmente um trabalho para um bom adestrador…a ideia de ignorar é correta, mas nem sempre os donos conseguem executá-la.
    O objetivo é eles perceberem que enquanto estiverem pulando, não recebem atenção.
    Assim que ele parar de pular (nem que seja para se coçar, por ex), cumprimente-o sem excessos, para não excitá-lo. Se ele pular, ignore-o novamente. Repita esta “operação” o máximo de vezes possível.
    Faça disto um exercício. Não espere somente os momentos reais de chegada, saia e entre muitas vezes.
    Se vocês não conseguirem sozinhos, eu posso indicar alguns adestradores bacanas.
    Abraço
    Rita Ericson

  7. Rita Ericson says:

    Olá Liamara,
    pela idade da Fafá, não acredito que este comportamento seja por ela ainda ser jovem…
    Recomendo o adestramento e modificação comportamental, isto é, ensiná-la que tipo de brincadeira é legal e você gosta e quais não devem ser aceitas como normal.
    O hábito de “transar” com as pernas indica dominancia, ela deve ter certeza de quem manda na casa são os humanos e não ela!
    Existem medicações indicadas para os cães ansiosos, mas somente um veterinário com conhecimento em comportamento animal deve receitar.
    A castração é indicada (no caso das femeas) para evitar problema reprodutivos, mas não altera o comportamento de forma significativa.
    Mande noticias
    Abraço
    Rita Ericson

  8. Susana says:

    Olá!
    A coisa mais engraçada que aconteceu quando levei a Sophie no veterinário para vacinar. Ela estava nervosa, miando sem parar e olhando um meio de fugir. Enquanto o médico fazia a ficha, peguei-a e olhando para o seu rostinho, miei como se tivesse “falando” com ela. Coloquei-a sobre a bancada e o fato surpreendente é que ela se calou e deitou. O médico tirou a temperatura, olhou seus dentes, olhos, apalpou-a e ela não deu nenhum miado, nem mesmo quando o médico deu a vacina. E ele disse que queria que todos os seus cliente fossem como ela.
    Já dei até bronca nela em “gatês” e ela obedeceu.
    É verdade que cada gato tem seu “idioma”? Também já “conversei” com outro gato e ele deitou e se calou. Será que o que “falo” é um tipo de ordem para se calarem e deitarem?
    Bj

  9. Rita Ericson says:

    Oi Susana,
    difícil definir o que passa na cabecinha deles…mas sabemos que os gatos miam muito mais para chamar a atenção dos humanos do que entre eles.
    Acredito que você passe segurança, carinho e conforto quando “conversa” com eles.
    Abraço
    Rita Ericson

  10. Alessandra says:

    Olá! Tenho um shih tzu de 40 dias…moro em apartamento, e a caminha dele coloquei na sacada, onde também coloquei o jornal para que ele aprenda a fazer as necessidades certinho! O problema é que, enquanto ele está só na sacada, ele usa direitinho o jornal, mas quando entra no apartamento, faz xixi ou coco em qualquer lugar!!! O que eu posso fazer para ele entender que a sacada é o lugar!!!! Será q ele é muito novo para aprender??? Socorro!!!!!

  11. Rita Ericson says:

    Olá Alessandra,

    você deve deixá-lo na sacada assim que ele terminar de comer e ficar “vigiando” com um petisco para premiá-lo assim que ele defecar ou urinar no lugar certo.
    Ele ainda é pequeno para se dirigir até a sacada sempre que precisar, mas é desde já que deve ser ensinado.
    Você pode oferecer um outro local da casa com jornal e aos poucos retire, deixando só na sacada.
    Não adianta brigar nem elogiar se não pegá-lo no flagra!
    Abraço
    Rita Ericson

  12. marcia guimarães lessa says:

    Olá Rita,tenho um pastor misturado.muito levado ele esta com 5 meses quando fica sozinho come todas as bromélia que
    estiver ao seu alcançe[ele comeu um jardim inteiro].e faz varios burracos com +ou-um 20cm.Sera que ele faz isso porque e muito novo.seu nome e Junior ele e muito fofo

  13. Rita Ericson says:

    Olá Marcia,
    os filhotes podem ser realmente muuuuuito levados!
    Faça um curso de obediencia basica (adestramento) para ensiná-lo a controlar a destruição do jardim.
    Abraço
    Rita Ericson

  14. Alessandra says:

    Olá, tenho um shi tzu de 3 meses…ele está destruindo as portas do apartamento e minha rack..fica mordendo, roendo…o que eu faço!!! não quero me desfazer dele, mas assim é complicado!!

  15. Rita Ericson says:

    Olá Alessandra,
    alguns filhotes roem muito mesmo!
    Paciência!
    Se ele for ficar sozinho, deixe-o em um local seguro, onde ele não tenha acesso a nenhum móvel para roer.
    Mas é fundamental você ensiná-lo o que pode e o que não pode fazer. Para isto, crie “armadilhas”.
    Fique perto dele, próximo a algum móvel que ele já tenha roído e corrija-o. Nunca agrida, mas fale NÃO de maneira seca. Não se explique e não fale frases longas.
    Repita quantas vezes for necessário. Se ele estiver muito teimoso, depois de 10 vezes (aproximadamente) você deve colocá-lo de castigo em um local pequeno (lavabo, por ex.) por 5 minutos.
    Acho interessante adestrá-lo, procure um bom adestrador para ensiná-lo a obediência basica.
    Abraço
    Rita Ericson

  16. lILIAN says:

    Meu cachorro fica trepando no travesseirinho dele, isso é nojento, fica todo babado, como eu faço pra ele parar de fazer isso?

  17. Rita Ericson says:

    Olá Lilian,

    a castração resolve este ocmportamento.
    abraço
    Rita Ericson

  18. Lucia Barros says:

    Os animais são engraçados mesmo: Feijão depois que termina de fazer suas refeições, é levado para fora – no quintal – para que faça suas necessidades.
    Tem dias em que o xixi “escapa” na cozinha mesmo. Quando vejo, brigo com ele. Quando não, ignoro.
    Só que nas vezes em que ele chega no quintal e faz as suas necessidades, já fica olhando fixo para a porta da cozinha esperando a hora do petisco. Acredito que ele esteja fazendo associação pelo bom comportamento em ter feito o xixi no lugar correto! O jeito de olhar é espantoso! Parece até que só faz o tal xixi para ganhar o petisco!
    Se está de costas para a porta da cozinha, ele faz o xixi com o pescoço virado para a mesma. O mesmo acontece com o cocô!
    Será que estou agindo certo?
    Essas escapadas de xixi na cozinha ou em outro cômodo são normais ou ele quer chamar atenção??? Ele tem quase 5 meses…
    Bjs,
    Lucia Barros

  19. Rita Ericson says:

    Oi Lucia,
    eu acredito que ele esteja associando o xixi no quintal ao petisco e isto é ótimo!
    Como ele ainda é filhote e foi recem castrado, podemos interpretar esses xixis na cozinha como “escapadas”, mas é bom ficar atenta.
    Abraço
    Rita Ericson

  20. Valdirene says:

    Olá, boa tarde !!

    sempre visito o site e fico muito satisfeita com os resultados, mas cada dia aparece uma coisa nova rsrsr tenho um filhote de Podlle (Lupy), ele deu agora pra comer bosta de cavalo sendo q já foi vermifugado e vacinado, o q leva a isso ? o q devo fazer ? ele tem ficado com a boca fedendo tbm, seria devido a isso ou tbm pela troca de dentes ?? algo pra tirar o odor da boca ??

    abraços
    Valdirene

  21. Rita Ericson says:

    Olá Valdirene,

    que bom que o Bicho Saudavel te ajuda!
    Este é meu objetivo!
    Os cães costumam comer fezes por diversos motivos, pode ser dele mesmo ou de outro animal.
    leia o texto: http://www.bichosaudavel.com/coprofagia-comer-fezes/
    Acho interessante vermifugá-lo novamente e corrigí-lo sempre que ele quiser comer fezes de cavalo.
    Outra boa alternativa, enquanto ele não aprende que não pode comer, é deixá-lo na coleira e guia.
    Mande noticias.
    Abraço
    Rita Ericson

  22. luanalessa says:

    eu gostei do seu saiti .meu pai queria saber se o nome da sua mae e maria do carmo de guimaraes .o nome do meu pai e uilha de oliveira lessa.luana

  23. Rita Ericson says:

    Olá Luana,
    obrigada peo elogio!
    Divulgue para seus amigos!
    Minha mãe não se chama Maria do Carmo…

    Abraço
    Rita Ericson

  24. neuza says:

    Boa tarde eu tenho uma shitzu que vai fazer 02 meses agora dia 03 de fevereiro , só que ela não aprendeu ainda a fazer xixi e coco no jornal ela faz no corredor ou no quarto onde esta a caminha dela o jornal fica mais ou menos um metro de distancia da caminha dela, e outra coisa se ela entra no meu quarto fica chorando para subir na cama ja que não consegue pois e alta eu não coloco pois não quero acostumar.Ela anda trocando o dia pela noite mesmo que eu fique brincando com ela ate umas dez da noite quando e de madrugada ela fica chorando e arranhando a porta só tem uma semana que eu peguei ela o que eu faço

  25. neuza says:

    esqueci ela já pode comer petisco,e ela só quer comer na nossa mão ela ate come na vasilha pouco ,desde já agradeço

  26. Andréa says:

    Tenho um gato de oito meses, e gostaria de saber porque puxa roupas do varal. Obrigada.

  27. neuza says:

    Ola Rita lembra-se mim rsrsrs . Tenho uma shitzu agora ela esta com 4 meses vai fazer 5 agora dia 3 de maio ,ela tinha aprendido direitinho a fazer as nescessidades no jornal so que da semana passada para ca ela nao faz mais ,ela faz no mesmo canto so que a dez centimetros do jornal ou seja faz do lado . Quando coloco ela no jornal parece que esta com medo ,ja dei petisco quando faz no jornal ,forrei o quarto todo de jornal e ela nao fez segurou a noite toda quando soltei fez xixi fora e o coco dentro do jornal nao sei o que fazer ,quero a minha bebe de volta snif snif desde ja lhe agradeço

  28. neuza says:

    boa tarde Rita , a minha shitz de cinco meses simplesmente parou de fazer xixi e coco no jornal. Coloquei ela no quarto coberto o chao com jornal deixando so o espaço dela de dormir e mesmo assim ela nao fez , quando foi de manha colocamos ela no jornal e assim mesmo nao fez viramos as costas e ela fez no chao perto do jornal uns dez centimetros e continua a fazer perto do jornal mas nao em cima do jornal ,ela nao faz em lugar nenhum so onde esta o jornal. Sem falar que ela ficou dois dias sem comer e beber agua nao sei o que fazer para ela comer tive que cozinhar peito de frango so na agua e molhar um pouco a raçao com o caldo me ajude por favor .Quero a minha cachorrinha de volta snif snif obrigada desculpe os erros mas o meu teclado esta desconfigurado

  29. Rita Ericson says:

    Olá Neuza,

    me parece que ela está com medo do jornal…será que ela levou algum susto?
    As vezes o jornal voa em cima do cão e ele fica com medo.
    Outra possibilidade é alguém estar usando jornal para brigar com ela.
    Experimente forrar o local indicado com tapetes higienicos ( a venda nas petshops).
    Ofereça petiscos, brincadeiras prazerosas e muito carinho, ao lado de um jornal.
    Experimente com ele afastado e se ela estiver relaxada, vá aproximando aos poucos.
    Mande noticias.
    Abraço
    Rita Ericson

  30. Rita Ericson says:

    Olá Neuza,

    se ela não está comendo bem e está prostrada, pode ser que esteja doente.
    Se ela está bem disposta, leia o texto: http://www.bichosaudavel.com/meu-cao-nao-quer-comer/
    Quanto ao jornal, experimente forrar o quarto todo com jornal ou substituí-lo por tapetes higienicos ( a venda nas petshops) – somente um, no local que ela tem urinado.
    Mande noticias.
    Abraço
    Rita Ericson

  31. Neuza says:

    ola levei a minha cachorrinha pucca ao veterinario ela foi feito exame de sangue e deu hipoproteimia acho que e isso passou vitamina e omeprazol para o estomago ,ja que na madrugada do dia 07 ela vomitou. A veterinaria pediu para colocar frango desfiado na raçao ai ela s a raçao comeu tudo ,e bebeu agua ,so que fico com medo dela nao querer mais a raçao sozinha e hoje dia 8 coloquei o tapedete higienico vamos ver . Se ela ficou sem proteina sera que a raçao nao e de boa qualidade eu dou a hill pupuing filhotes , agora troquei pela premier filhotes da raça dela e mesmo assim nao quer comer,so com frango so que eu so dou uma vez por dia e deixo a raçao sem carne para ver se ela come . Obrigada pelas informacoes

  32. Rita Ericson says:

    Olá Neuza,
    todos os cães preferem comida à ração…
    Se ela já está bem clinicamente, você pode insistir na ração, mas faça como indicado no texto:
    http://www.bichosaudavel.com/meu-cao-nao-quer-comer/
    Se restarem duvidas, entre em contato.
    Abraço
    Rita Ericson

Faça sua pergunta!

A melhor maneira de recompensar um bom comportamento é elogiá-lo. Funciona até com seres humanos e é uma maneira excelente de treinar cães.

Não é só uma questão de oferecer petiscos.

QUANDO oferecer é o “X” da questão. O cão precisa associar o prêmio com determinado comportamento. E tem que ser imediatamente, senão ele não compreende que o elogio foi dirigido à determinada ação. Este é o grande problema da punição depois do ato. Só funciona se o elogio for no flagra.

Se ao chegar em casa encontrar aquela bagunça, xixi e/ou cocô no meio da sala…respire fundo, conte até 10, mas não grite nem dê 1 bronca no seu animal de estimação.

Não adianta, ele não vai associar esta bronca ao mau comportamento. Sei que ele aparenta estar culpado, abaixa as orelhas, põe o rabo entre as pernas e até se esconde.

Claro, você está brigando com ele. A reação é sempre esta. Ele vai ficar com medo, mas não vai relacionar a bronca com um evento que ocorreu há mais de 5 minutos atrás. Nem adiantará nada para impedir que este mau comportamento se repita.

Não adianta brigar, ignore.

Não esboce reação.

Ao treinar seu animal, lembre-se:

  • o treinamento não deve envolver gritos, agressões, choques, “penduradas na coleira” etc. Use elogios, petiscos e carinho para reforçar o comportamento desejado.
  • o oposto do elogio não é agressão, é o desprezo. Ignore-o sempre que estiver implorando por atenção, comida, brinquedos. Ele vai perceber que esta técnica de chamar atenção NÃO FUNCIONA.
  • reforce o bom comportamento imediatamente. Se ele estiver pulando para te recepcionar, nem olhe para ele, mas assim que ele parar (nem que seja para se coçar, por ex.) cumprimente-o.
  • a recompensa de petiscos deve estar sempre à mão. Corte pequenos pedaços e deixe em potes “estrategicamente localizados” para utilizá-los no momento certo.
  • o elogio verbal funciona muito bem: ao premiar com petiscos, fale num tom mais agudo que o normal palavras-chave que ele conheça (de preferência, as mesmas, ex: muito bem! bom cachorro!isso!).

Um animal obediente (não importa quantos “truques ou comandos” ele sabe) é companheiro, podemos levá-lo conosco para programas de lazer.

O animal que late muito, puxa a coleira, destrói móveis e objetos, nunca pode nos acompanhar em viagens, passeios, visitas às casas dos amigos…

Vale a pena investir na educação dos nossos animais, a qualidade de vida deles aumenta muito, e a nossa também!


Carregando..
 
 
focinho do cachorro
rabo do gato