Epífora, Cromodacriorreia, que palavrões!

cromodacriorreia

 Epífora é o lacrimejamento excessivo dos olhos.

A região abaixo dos olhos fica úmida e muitas vezes com uma coloração avermelhada, parecendo ferrugem – esta mancha escura abaixo dos olhos, se chama cromodacriorreia.

Normalmente, as lágrimas são drenadas através do canal lacrimal para dentro do nariz (você certamente já sentiu “gosto” do colírio e funga muito quando chora!), mas pode ocorrer uma obstrução deste canal e as lágrimas acabam “transbordando” e molhando a região abaixo dos olhos.

Alguns cães possuem este canal lacrimal mais curto, tortuoso, com a saída muito pequena e costumam ser os mais acometidos.

Algumas raças apresentam este problema com maior frequêcia (poodle, shihtzu, maltes, bichon frise).

Os gatos de “cara achatada” também costumam apresentar estes problemas (persa, por ex.).

Outra causa comum é o lacrimejamento excessivo. Isto pode ocorrer por diversos motivos, como alergias ou qualquer irritação nos olhos (conjuntivite, pelos em contato direto com os olhos, glaucoma, uveíte e qualquer afecção ocular).

As lágrimas são incolores, mas possuem substâncias chamadas porfirinas que em contato com a pele e pelos se tornam escuros, causando as manchas amarronzadas.

Estas substâncias também estão presentes na saliva, por este motivo os cães que lambem muito as patas (ou outra região do corpo) também ficam com estas partes do corpo manchadas de escuro.

O contato frequente das lágrimas com a pele abaixo dos olhos pode causar uma irritação (parece uma assadura) e a presença de bactérias pode agravar o quadro. Muitas vezes podemos observar até a formação de uma crosta.

O diagnóstico e tratamento devem ser realizados no atendimento veterinário.

Se a causa for algum problema oftálmico, ele precisa ser tratado para diminuir a irritação e excesso de lacrimejamento (existem testes simples para medir a quantidade de lágrimas produzidas).

Se o animal apresentar uma obstrução no canal lacrimal, é necessário realizar um procedimento para desobstruí-lo (através de uma “mini” sonda). Pode ser necessário consultar um veterinário com experiência em oftalmologia.

É fundamental manter a região abaixo dos olhos sempre limpa e seca.

Podemos fazer isto todos os dias com um papel higiênico, papel toalha, algodão ou gaze molhada em soro ou até mesmo água filtrada. Depois é só secar.

Muitos animais possuem muitos pelos nesta região e mantê-los cortados pode ajudar, mas cuidado para não deixar os pelos com pontas recém cortadas “espetando” os olhos!

CUIDADO COM A TESOURA NESTA REGIÃO! SE O ANIMAL ESTIVER SE MEXENDO MUITO PODEMOS CAUSAR UM ACIDENTE GRAVE!

Se o animal possuir uma má formação do canal lacrimal, os cuidados deverão ocorrer por toda vida.

Existem produtos para o controle da coloração escura, mas eles devem ser usados com cuidado, especialmente se forem a base de antibióticos.

Se o seu animal apresentar epífora ou cromodacriorreia, leve-o para atendimento veterinário.


Carregando..
 
 
focinho do cachorro
rabo do gato