Macho ou Fêmea?

machi femea Bulldog
  1. Fabiane says:

    Oi Rita.

    Mas uma vez parabéns pelo programa. Acabei de ouvi-lo, foi ótimo o tema escolhido foi mt bom. Como sempre me identiiquei com o assunto. Aqui em casa não escolhemos ter um cão, meu sobrinho trouxe, so que não cuida. Eu assumi a responsabilidade, mas não reclamo. Como disse Safira é ótima.
    Li que vc estudou na UFRRJ, minha filha disse que quer estudar la. Ela quer ser veterinaria.
    Um abraço para vc e td de bom.

  2. Rita Ericson says:

    Olá Fabiane,
    eu também adorei participar do programa, esta tema é muito interessante!
    Eu fiz mestrado na UFRRJ, boa sorte para sua filha!
    Abraço
    Rita Ericson

  3. Lucia Barros says:

    Cada caso é um caso mesmo: a cachorra que levo para passear ( pertence a minha irmã que ainda não a castrou), vai parando o trajeto inteiro – às vezes passeamos mais de 1h30min – para fazer xixi em tudo quanto é lugar! Geralmente, após um tempo, ela nem tem mais xixi para fazer mas, continua tentando fazê-lo abaixando-se!
    Nunca vi isso…enquanto, o Feijão vai tranquilo e quase nunca faz xixi em seus passeios. Será que isso deve-se ao fato de ainda ser filhote ou por que
    foi castrado cedo??? Ele faz xixi antes de sair de casa e não volta a fazê-lo nos passeios.
    Bjs.

    Lucia Barros

  4. Rita Ericson says:

    Oi Lucia,

    os filhotes machos costumam começar a “fazer xixi em prestações” quando entram na adolescencia (por volta dos 7-8 meses).
    Quando o cão é castrado precocemente, pode ser que nem ocorra este comportamento.
    Abraço
    Rita Ericson

  5. Ana Cláudia says:

    Bom, eu prefiro mil vs as fêmeas, eu também gosto dos machos, mas eles são mais, exemplo, eu sempre crio cães de guarda, e tenho a prova de que, quando eu preciso prender eles para que as visitas entrem, as fêmeas, ficam bem quietas nas correntes, elas são mais tolerantes, já os machos, vivem chorando na corrente, mesmo que seja só por 15 minutos. Outra verdade, as fêmeas, são menos agressivas, e no caso de cães de guarda, os machos tendem a defender mais a casa, e as fêmeas os donos, e de fato, a esterilação custa mais caro para fêmeas. No caso das gatas, eu gosto mais por que elas, mesmo depois de adultas, continão brincando, e já os machos não, depois de adultos não brincam mais. Mas os melhores cães que eu já tive, foram o Negão que minha vó deu, e a Pepita que minha mãe deu. nenhum cão supera esses dois, tinham temperamento de guarda, e uma observação, eram os dois vira – latas.

  6. Rita Ericson says:

    Olá Ana Claudia,

    os vira-latas são mesmo incríveis!
    Abraço
    Rita Ericson

  7. Larissa says:

    Fêmea… realmente,eu também sou a fovor dos vira-latas e não tenho nada contra… seja de raça ou não… dá no mesmo.

  8. Rita Ericson says:

    Olá Henrique,
    na maioria das vezes, quando os filhotes estão mortos, é preciso retirá-los cirurgicamente.
    Leve sua cadela para atendimento veterinário.
    Abraço
    Rita Ericson

Faça sua pergunta!

Depois de refletir bastante e concluir que você está preparado e disposto a ter um cão, está na hora de decidir a raça (ou vira-lata), o tamanho e o sexo.

Quanto à raça, pense nas características de cada uma, na pelagem, no tamanho estimado – EU ADORO VIRA-LATAS!

Saiba mais sobre raças, CLICANDO AQUI .

Mas ainda resta uma outra questão: o sexo.

Quais as diferenças?

Macho é melhor que fêmea?

Ou fêmea é melhor que macho?

Vamos aos prós e contras:

FÊMEAS – PRÓS

  • são capazes de reter urina por mais tempo
  • esvaziam a bexiga de uma só vez, fazem um grande xixi (em geral)

FÊMEAS – CONTRAS

  • é mais caro e complexo esterilizar uma fêmea que um macho
  • se entram no cio, podem sujar a casa e atraem os macho na rua

MACHOS – PRÓS

  • a esterilização é simples e mais barata

MACHOS – CONTRAS

  • param para fazer muitos xixis na rua
  • montam mais que as fêmeas
  • podem apresentar uma secreção no prepúcio que incomoda os humanos, mas não é nada grave (balonopostite, para saber mais, clique aqui)

Todas as características comportamentais variam de indivíduo para indivíduo, independente do sexo.

Existem generalizações, como “as fêmeas tendem a ser mais passivas, mais fáceis de treinar, mais companheiras” ou “os machos são mais brigões e se forem dominantes, podem ser melhores vigias”.

Mas não vale a pena tomar nenhuma decisão baseada nestes “mitos”.

Acredito que todo cão, de qualquer tamanho, raça ou sexo, se criado com amor, receber educação e respeito se tornará uma grande companheiro e te dará amor incondicional em troca.


Carregando..
 
 
focinho do cachorro
rabo do gato