Você sabe do que estou falando?

É aquele comportamento constrangedor que alguns cães apresentam, montando nas pernas (especialmente das visitas), em outros animais e até em objetos (almofadas, bichos de pelúcia).

Embora a monta seja considerada um comportamento sexual, nem sempre o animal tem esta motivação.

Os cães também montam para testar seu status hierárquico e seu poder. É como se fosse uma afirmação de sua autoridade.

Os machos NÃO castrados são os animais que mais montam, mas isto não significa que as fêmeas e os machos castrados não montem também.

A testosterona, o hormônio sexual masculino, funciona como um estímulo para este comportamento, mas não é a única responsável.

Alguns machos podem montar e até ejacular, como se fosse uma masturbação. Neste caso, eles sentem prazer e esta é a explicação para eles continuarem montando, mesmo após a castração.

A lembrança do prazer obtido com a monta, faz com que eles repitam o mesmo comportamento.

As fêmeas, os machos castrados e os filhotes também podem montar, mas com outro objetivo: o poder!

É como se fosse um teste: quem monta é poderoso e quem se deixa montar, é inferior, é fraco!

Outro problema, além do constrangimento, é quando o animal arranha com as unhas quando “abraça” as pernas.

Mas se o seu cão está montando e constrangendo todo mundo, o que fazer?

  • se ele é macho e ainda não foi castrado, programe a cirurgia- aproximdamente 60 % dos cães para de montar poucos dias após a castração
  • exercícios de adestramento e obediência básica ajudam a distrair ou ensinar ao cão, quem manda e quem obedece

Já os cães que montam em outros cães, são mais difíceis de corrigir. Na verdade, eles estão usando uma forma de comunicação canina e se possível, é melhor não interferirmos.

É um “código canino”. Não devemos nos meter. É como se diz popularmente: manda quem pode e obedece quem tem juízo!

Se os animais se irritarem e ficarem agressivos, precisamos separar para evitar as brigas.

Se o seu cão “namora” uma almofada ou um bicho de pelúcia, você tem 2 opções: não se aborrecer e deixá-lo a vontade ou retirar o objeto dele.

Para saber mais sobre castração, clique aqui.

Carregando..
 
 
focinho do cachorro
rabo do gato