“Hora do Blush”- Medicina Veterinária Preventiva (Mental)

cat feeder
  1. Lucia Barros says:

    Olá, dra. Rita:
    Ótimo, essa reportagem. Não pude assistir na época – em que foi transmitido pelo rádio – e agora aprendi demais
    com as suas dicas!!!! Tenho algumas dúvidas: 1- escovar os gatos: já tentei escovar a minha gata sem sucesso ( com o macho é super tranquilo). A bicha odeia e me morde sem dó. Já ofereci petisco e nada. Tentei várias vezes e ela é esperta e não aceita quando percebe a escova. Para que ela não tenha problemas com as bolas de pelo, comprei uma pasta que auxilia na eliminação dos mesmos pois não aguento mais levar mordida. Tem outra ideia?
    2- estou tentando escovar os dentes do filhote de cão. Mas, não encontrei pasta específica nos petshops. Escovo somente com água. É necessário escovar todos os dias? Onde posso encontrar pasta dental para cães?
    3-Nos passeios na bolsa de transporte encontro com inúmeros cães abandonados. Você deu a ideia de um produto que emite um som para afastá-los. Ainda não o comprei. Mas, já estou fazendo coisa errada: de vez em quando o retiro da bolsa e o deixo caminhar( na coleira com a guia). Mas, sempre aparece um cão de repente e eu fico super nervosa e o pego no colo. Pelo que ouvi, isso é errado. E agora? Mas,e se eu deixar – mesmo após o esquema de vacinas – e o outro cão vier a mordê-lo? Fico apavorada só de pensar mas, não quero que o Feijão fique medroso a ponto de não querer mais passear. Se eu comprar o tal aparelhinho que afasta os outros cães, pode provocar reações indesejáveis no meu cão? O que não falta, onde moro, são cães abandonados. Alguns mansos outros ferozes. Como devo agir?
    Abraços,
    Lucia Barros

  2. Rita Ericson says:

    Olá Lucia,

    1- experimente usar uma escova muito macia – de neném ou de escovar roupa. Mesmo que não seja eficiente para retirar os pelos, serve como carinho e aos poucos você pode usar uma escova mais dura.
    2- escovar já é ótimo! A pasta pode ser encontrada no site http://www.bitcao.com.br/index.php?PUID=BSD
    3- o uso do “aparelhinho” que emite um som alto pode ser desagradável para seu cão também. É preferível fazer o Feijão associar a presença dos outros cães a uma sensação prazerosa, como comer um petisco e ser elogiado. Tente agir naturalmente, se você demonstrar ansiedade ele vai perceber e ficar ansioso também. Quando o outro cão demonstrar agressividade, “suspenda” o Feijão – é mais fácil se a coleira for peitoral.
    Abraço
    Rita Ericson

  3. Lucia Barros says:

    Olá,dra. Rita:
    obrigada por responder! Quanto a escovação da gata não tem adiantado muito utilizar uma escova macia. Ela quando avista a escova já começa a querer morder. Sempre que dá abro uma lata de sardinha e ofereço como petisco a ela nessa hora. Ela começou a rejeitar até a sardinha… Vou tentar mais um pouco p/ ver se a situação melhora.
    Quanto aos passeios do Feijão, tenho obtido sucesso. Estou tentando diminuir a minha ansiedade e medo e ele tem correspondido com boa aceitação e clima amigável em relação aos outros cães. A parte chata é que ele prefere a outra coleira ( pescoço). Com a peitoral, ele anda “travado” e
    quase sempre empaca. Tenho levado petiscos para oferecê-lo quando ele
    anda melhor.
    Os cães que se aproximam dele chegam de forma tão rápida que parecem querer mordê-lo. Mas, é só impressão – e temor exagerado – minha.
    A maioria é amigável e só quer cheirar mesmo. Procuro aproximá-lo
    também dos gatos que encontro pela rua e por incrível que pareça, ele
    fica super receptivo e alegre por encontrá-los. Alguns se aproximam – o que considero espantoso visto a natureza arredia dos gatos – e outros apenas abservam sem fugir. Não sei se esse comportamento deve-se ao contato com a gata de lá de casa ou não.
    Mas, acho interessante a atitude dele!
    Obrigada por tudo.
    Abraços,
    Lucia Barros

  4. Rita Ericson says:

    Parabéns pela sua dedicação e interesse, Lucia!
    abraço
    Rita Ericson

Faça sua pergunta!

Escute aqui minha participação no programa com Isabella Saes no dia 11 de maio de 2011.

O assunto foi “Medicina Veterinária Preventiva – Saúde Mental”.

Clique no Play de cada bloco para ouvir o programa na íntegra.


Carregando..
 
 
focinho do cachorro
rabo do gato