Cachorro trabalhando

Todos os cães precisam de atividade.

Alguns têm uma capacidade de trabalho enorme.

Me refiro tanto ao trabalho físico quanto ao mental.

Nossos companheiros raramente têm tarefas, atividades a cumprir. Seria ótimo se eles nos ajudassem a varrer a casa ou até mesmo recolher as fezes da calçada. Mas é difícil treiná-los para estas tarefas e eles acabam recebendo tudo “de graça”: comida, carinho, atenção e abrigo.

Antigamente, quando os cães viviam em matilhas selvagens, eles precisavam caçar, se defender e se abrigar para sobreviver. Trabalhavam duro.

Atualmente, os cães sofrem de tédio. E quando entediados, podem se tornar destrutivos. Às vezes, chegamos em casa e encontramos um sapato roído ou papel picado. É a maneira deles  “improvisarem” uma brincadeira, uma atividade.

Existem brinquedos interativos que estimulam e desafiam os cães. Podem ser bolas  extremamente duras com cavidades para rechearmos de petiscos ou até mesmo “quebra-cabeças” para cães. O cachorro fica ocupado e entretido um tempão até conseguir tirar e comer o último pedacinho.

Também é interessante fazer um rodízio. Evite deixar uma caixa com todos os brinquedos disponíveis no chão. Guarde alguns e troque de vez em quando.

Outra maneira de dar atividade para os cães é ensiná-los comandos básicos (como: senta, dá a pata, deita, fica) e só oferecer alimento, carinho e atenção se eles obedecerem.

Pode parecer estranho e desnecessário, mas melhora muito a vida deles. Nada como manter a mente e o corpo ocupados.

O mercado brasileiro oferece algumas opções de quebra-cabeças e brinquedos interativos nas pet shops e em sites de venda na internet.

Eu recomendo o BitCao, clique aqui.

Brinque com seu cão, promova desafios, diversifique a rotina dele!

Leia mais →
cachorro_inteligente

Estudos revelam que, em média, os cães possuem a inteligência equivalente a uma criança de 2 anos.

Nos cães, o nível de inteligência corresponde a capacidade de aprender comandos básicos, expressar suas vontades (nem sempre de forma clara para nós humanos) e interpretar algumas emoções das pessoas que convivem com eles.

Algumas raças apresentam habilidades  desenvolvidas a partir de objetivos específicos e muito treinamento, como cães-guia e cães de trabalho (polícia, bombeiro etc).

Os cães que desenvolvem atividades e enfrentam desafios são mais felizes que os cachorros entediados, sem nada para fazer (infelizmente, a maioria).

A capacidade mental e física deles é muito maior do que a maioria das pessoas imagina.

Quanto mais motivado e envolvido em atividades, menos problemas comportamentais!!

A melhor maneira de “ocupar” seu cão é ensinando comandos básicos, passeando bastante e oferecendo atividades interativas – se você não puder estar presente o tempo todo, existem alguns brinquedos disponíveis no mercado.

O objetivo da maioria destes brinquedos é fazer com que o cachorro descubra como fazer para um alimento sair de dentro deles. Alguns animais ficam bastante tempo entretidos (uma ótima opção é oferecer para o cão quando ele ficar sozinho).

As raças que mostraram melhor desempenho em pesquisas de inteligência canina foram:
1.  Border Collies
2.  Poodles
3.  Pastores Alemães
4.  Golden Retrievers
5.  Dobermans
6. Sheepdogs
7.  Labradores

A inteligência também é individual, assim como nos humanos. Isso significa que um vira-lata pode ser mais inteligente que um poodle, um  labrador mais esperto que um pastor e por aí vai…

Não podemos esquecer que se não for estimulado, nenhum cachorro (por mais inteligente que seja) vai saber nenhum truque.

EDUQUE SEU CÃO! Vale a pena!

 

Leia mais →
Carregando..
 
 
focinho do cachorro
rabo do gato