tartaro 2

O mau hálito, extremamente comum em cães, pode ser causado por diferentes causas (saiba mais, clicando aqui).

A mais comum delas é a presença de tártaro, também chamado de cálculo dentário.

Ele é resultado da formação da placa bacteriana que torna a superfície dos dentes propensa a deposição dos minerais da saliva.

Percebemos a presença de tártaro através da visualização de uma cor amarelada, esverdeada ou até marrom na superfície dos dentes.

A presença das bactérias pode levar a um quadro de gengivite e periodontite, chegando a causar uma retração gengival grave com exposição da raiz dentária.

Nos casos mais severos, os dentes amolecem e caem.

Algumas bactérias causam infecções que podem migrar para outras partes do organismo causando infecções graves (ex: coração-endocardite, rins-nefrite).

Para remover o tártaro é necessário anestesiar o animal.

É muito frequente o responsável pelo animal ter medo da anestesia e optar por não realizar a limpeza, mas o risco de complicações causadas pelo tártaro é muito importante, não é só uma questão conviver com o “bafo de tigre”!

Após a limpeza dos dentes é fundamental fazer uma manutenção da  saúde oral.

O ideal é sempre prevenir a formação do tártaro.

É muito mais fácil acostumar os filhotes à escovação dos dentes do que os adultos.

Para aprender a escovar os dentes do seu cão, clique aqui.

Além da escovação, existem outros produtos no mercado pet que ajudam a manter a boca dos cães saudável (líquidos, pastas, gel, petiscos).

Converse com a(o) veterinária(o) que cuida do(s) seu(s) animal(is) e peça uma indicação.

 

 

Leia mais →
Carregando..
 
 
focinho do cachorro
rabo do gato