cao mascara

O espirro reverso é um fenômeno comum em cães.

No espirro normal, o ar é empurrado para fora do nariz, no reverso, o ar é puxado para dentro do nariz rapidamente produzindo um som de esforço respiratório.

Durante o espirro reverso, o cão faz várias inspirações rápidas, fica em pé com os braços abertos e com a cabeça estendida.

A sensação que os proprietários do animal  têm é que ele está com algo preso na garganta ou até mesmo sufocando. Este episódio costuma durar entre 1 e 2 minutos.

Não sabemos exatamente a causa do espirro reverso, mas pode estar relacionado com alergias, substâncias irritantes para o sistema respiratório ou inflamações no nariz.

Qualquer cão, de qualquer raça, idade ou sexo pode apresentar episódios de espirro reverso.

Não se apavore! Não há risco de sufocamento nem risco de (mais…)

Leia mais →
Very much sick dog

A gripe canina ou “Tosse dos Canis”  ou traqueobronquite infecciosa canina é uma infecção respiratória altamente contagiosa que acomete SOMENTE os cães.

Ela é causada pelo vírus da Parainfluenza e pela bactéria Bordetella bronchiseptica. O sintoma mais comum é a tosse seca e persistente acompanhada de engasgos. Frequentemente se confunde com ânsia de vômito e/ou corpos estranhos obstruindo as vias respiratórias. Geralmente o animal é levado para clínica como se fosse uma emergência: o proprietário tem “certeza” que ele engoliu algum objeto que ficou preso na garganta.

Nos casos brandos o animal se alimenta e se comporta normalmente, não apresenta febre e costuma melhorar sem tratamento em um período de 7 a 12 dias. O maior incômodo é a força e a frequência da tosse, com um cão tossindo assim, nem ele nem ninguém dorme nesta casa !

Os casos mais graves costumam ser em filhotes e animais idosos.  A tosse passa a ser produtiva (com secreção) devido a contaminação bacteriana secundária (pneumonia). Nestes casos, o animal pode apresentar febre, secreção nasal e ocular, diminuição do apetite e prostração.

Para prevenir a infecção deve-se evitar o contato com animais doentes e locais com muitos cães (pet shops, hospedagens, canis etc). O vírus é transmitido através de aerossóis, isto é, gotas eliminadas na tosse e no espirro. Esta contaminação pode ocorrer pelo ar ou através de objetos e pessoas que entraram em contato com animais doentes.

Existem vacinas disponíveis, mas como toda vacina de gripe (inclusive a humana), a eficácia não é muito alta. Isto significa que mesmo vacinado o animal pode desenvolver a doença. O grande benefício é a diminuição dos sintomas e da duração da gripe, além de diminuir a contaminação para outros cães.

A vacinação é extremamente recomendada para animais que frequentam canis, hospedagens, aulas coletivas, parques ou para os idosos e cães com problemas respiratórios.

Fique atento a outras possíveis causas de tosse nos cães.

Se ele já tiver mais de 7 anos, devemos suspeitar também de doenças cardíacas.

Converse com seu veterinário.

Leia mais →
Carregando..
 
 
focinho do cachorro
rabo do gato