gato de colo

Nem todo gato gasto de chamego, agarrões e apertões…

Mas não custa nada tentar!

Pode ser muito difícil, transformar um gato feral, selvagem, num gatinho amável que adore um colo.

Mas se for um caso de falta de socialização, confiança e medo, a situação pode mudar.

Estudos já comprovaram que filhotes de gato que não entram em contato com humanos nas primeiras 7 semanas de vida, podem não aceitar este contato nunca.

O máximo que podemos esperar destes animais é que aceitem carinho e escovação (use sempre uma escova bastante macia), de maneira rápida e sem serem contidos, agarrados.

Por isto a socialização dos filhotes é MUITO importante.

Quanto mais contato com pessoas os gatinhos tiverem, entre 3 e 8 semanas de vida, melhor!

A falta de confiança e o medo dos humanos, é a causa deste comportamento anti-social.

Há também um componente hereditário, alguns gatos são por natureza, mais independentes e distante do que outros.

Alguns destes gatos podem ser estimulados a “sair da sua concha”, através de um tratamento gentil e paciente:

  • crie situações para seu gato se aproximar de você através brinquedos atraentes e alimentos saborosos, por exemplo
  • nunca force a aproximação, pegando o gato e obrigando-o a ficar no seu colo
  • escolha um ambiente calmo e tranquilo, de preferência, um cômodo grande. Fique quieto num cantinho, com petiscos que seu gato goste. Comece jogando os petiscos bem longe de você e vá aproximando aos poucos. Se ele estiver com fome, facilitará “operação”
  • quando ele estiver aceitando se aproximar de você, comece a oferecer os petiscos na sua mão e em seguida, no seu colo, de maneira que ele precise apoiar as patas em cima de você
  • a pessoa que estiver fazendo o “trabalho de aproximação”, deve ser a mesma a alimentar o gato

Se você ainda não tem um gato e deseja ter “um gato de colo”, siga estas dicas:

  • prefira adquirir um filhote bem novinho
  • seja sempre gentil
  • nunca use agressividade física
  • não grite com seu gato

 

Leia mais →
Carregando..