natal gato

Os cães e gatos têm um olfato poderoso e sentem o cheiro maravilhoso das comidas especiais do fim de ano.
Mesmo que seu animal não esteja acostumado a comer comida de gente, é possível que ele não resista à tentação.
Nesta época de festas, com a casa cheia, crianças e muita comida disponível, devemos redobrar a atenção.

Alguns alimentos são potencialmente tóxicos para cães e gatos como chocolate, bebidas alcoólicas e gorduras. Mesmo um pedaço de peru pode ser bastante indigesto e levar seu animal a um quadro de vomito, diarreia e desidratação.

Um pedaço pequeno para um ser humano pode ser enorme para um cão de 3 Kg.
Evite deixar os alimentos ao alcance dos animais – cubra, coloque numa prateleira alta, evite migalhas no chão, feche a porta ou até mesmo proteja os animais, separando-os noutro cômodo da casa.
Não esqueça de avisar às visitas que cães e gatos não devem comer rabanada, pão, nozes, fios de ovos, uvas…
Pode parecer exagero, mas é proteção.
Já passei muitos plantões no dia seguinte das festas cuidando de animais que comeram comida de gente e passaram mal.

Também existe o risco deles engolirem pedaços de embalagens de presentes e de alimentos e sofrerem algum problema intestinal causada por um corpo estranho.
É possível educar um cão e ensiná-lo a não “roubar” comida.
Antigamente, se recomendava punir o animal na “hora do flagrante” .

Para não ser punido, geralmente o cão para de roubar comida na presença de alguém, mas ele não aprende que roubar comida é uma atitude inadequada.

Está provado que não se deve punir os cães e gatos para educá-los.

As punições os deixam assustados, ansiosos e na maioria das vezes, com medo das pessoas.
Ensinar 1 comando como “larga” é muito útil para o cão soltar a comida (ou qualquer outro objeto roubado), evitando problemas digestivos.

Um Feliz Natal e uma ajudinha para montar a árvore de Natal!

Que 2019 seja um ano suave e saudável!

Leia mais →
Carregando..
 
 
focinho do cachorro
rabo do gato