bolha de sabao

Existem muitos cães que parecem mais aspiradores de pó, comem tudo que veem pela frente.

Alguns itens são extremamente perigosos porque podem intoxicar ou se tornar um corpo estranho no aparelho digestivos dos animais, as vezes causando uma obstrução ou perfuração.

Mas nem todas as bobagens que eles comem fazem muito mal. Isto não significa que devemos oferecer objetos ou diminuir a supervisão.

Como regra geral, o que é seguro para crianças, não costuma ser tóxico para os cães, em pequenas quantidades. Mas temos que ficar atentos porque nem sempre sabemos qual foi a quantidade de massa de modelar, por exemplo, que um cachorro ingeriu. Outro risco é a embalagem, muitas vezes os animais comem pedaços de plástico, o que pode ser perigoso.

Na minha rotina, já vi cães comerem muitas coisas diferentes. Aqui vão alguns exemplos que não são tóxicos e os cachorros adoram comer:

  • cosméticos

  • lápis cera / giz de cera

  • desodorante

  • vela

  • bolha de sabão

  • creme hidratante

  • tinta

  • cola

  • condicionador de cabelo

  • marcador de texto

  • argila

  • batom

  • jornal

  • lápis

  • massinha de modelar

  • sílica gel

  • sabão

  • bronzeador

Nunca deixe pequenas peças plásticas (brinquedos, por ex.), produtos químicos, fertilizantes, adubo etc  no chão se o seu cão estiver por perto. Supervisione ou deixe-o em outro ambiente.

Alguns animais adoram comer insetos. Se não houver nenhuma reação alérgica, não costuma causar maiores problemas. Os gatos adoram caçar gafanhotos, baratas, percevejos e vomitar pedaços (eca!) de asas, perninhas e antenas.

Em caso de ingestão de algum produto ou objeto perigoso, entre em contato com seu veterinário, o mais rápido possível.

Leia mais →
maquinadecachorro2

A princípio, os cães devem tomar o menor número de banhos possível.

A pele deles possui uma proteção gordurosa que é retirada com o excesso de banhos.

Mas, tudo depende do seu cachorro, da sua casa e de você.

O tipo de pelo, o quanto se suja, se o cão vive dentro ou fora de casa, se tem acesso aos sofás e camas, se tem algum problema dermatológico e se gosta de água.

Alguns cães precisam de poucos banhos por ano enquanto outros necessitam de cuidados semanais.

O ideal é escovar muitas vezes, se possível uma vez ao dia. Enquanto escovamos, removemos pelos (que provavelmente cairiam pela casa) e sujeira, além de inspecionar e massagear a pele do seu cachorro (isto vale muito para os gatos).

A atenção dedicada a esta tarefa é importante para estabelecer uma relação de confiança entre o dono e seu cão.

Se o seu animal não gosta de tomar banho, experimente mudar um pouco a técnica, como esquentar a água, evitar jatos de mangueira ou chuveiro, usar uma banheira ou balde e seja muito paciente e gentil.

Associe ao momento chato do banho a sensações prazerosas!

Antes do seu animal demonstrar que está chateado ou ficar bravo, ofereça petiscos (micro pedaços, para poder oferecer várias vezes!), elogie, faça carinho! Vá com calma!

Se o seu cão detesta ir a petshop tomar banho, poupe-o desta obrigação! Considere dar banho em casa. Se você não tiver jeito para dar banho, procure saber se não há um profissional de confiança que possa ir a sua casa.

Para saber mais sobre banho em gatos, clique aqui.

Mas se estiver muito calor e seu cão gostar de água, divirtam-se!

Só preste atenção para a pele não ficar permanentemente úmida e seu cachorro desenvolver alguma dermatopatia (doença de pele).

Para saber mais sobre doenças de pele, clique aqui.

Leia mais →
Carregando..
 
 
focinho do cachorro
rabo do gato