Samba Susana Ericson

Até parece que os gatos vem com esta “função programada” – urinar e defecar na caixa sanitária.

É impressionante, desde muito filhotes eles já sabem e raramente erram. Mas de uma hora para outra, começamos a achar (e sentir o cheiro) pocinhas de urina no sofá, no tapete, na cama, na bolsa, no berço….aaahhhhh! SOCORRO!

Por que será? O que está acontecendo?

Inicialmente é fundamental levar o animal para consulta veterinária e afastar a possibilidade da causa ser um problema de saúde (cistite, nefrite, insuficiencia renal, diabetes etc). Também é bastante frequente o gato ficar mais tempo que o normal na caixa sanitária, quando está com alguma dor ou desconforto ao urinar e/ou defecar.

Considerando que não há causa patológica, vamos as questões comportamentais:

  • seu gato (ou gata) é castrado (a)? – se não é, programe a cirurgia. Os felinos em idade reprodutiva tendem a marcar o teritório com urina
  • quantos gatos moram na sua casa? – o ideal é uma caixa sanitária para cada um, mais uma! Isto é, se você tem 2 gatos, ofereça 3 caixas, em locais diferentes!
  • qual o tamanho da(s) caixa(s)? – o gato deve caber inteiro dentro dela e ainda sobrar um poquinho…
  • a caixa é aberta ou fechada? Rasa ou profunda? – o gato pode ter preferência por um tipo ou outro
  • a caixa deve ser limpa todos os dias
  • evite usar produtos de limpeza perfumados na higiene das caixas
  • aonde a caixa sanitária fica? – eles podem não gostar (ou ter medo) do local (maquina de lavar ao lado, por ex.) ou o caminho até a caixa pode ser ameaçador (passar por alguém ou animal)
  • o granulado sanitário é sempre o mesmo? – gatos são extremamente táteis e podem detestar pisar em certas superfícies
  • seu gato(a) costuma usar a caixa na frente das pessoas (ou outros animais)? – ele pode precisar de privacidade
  • dedicação – por mais amor que se tenha por um animal, podemos deixá-lo carente de atenção. Brinque muito com seu gato, escove-o (se ele não gostar, experimente uma escova bem macia – de roupa, por ex.), enriqueça o ambiente de estímulos ( http://www.bichosaudavel.com/enriquecimento-ambiental-gatos-mais-felizes/)

Considerando todos estes aspectos, experimente aumentar o número de caixas, variar o tipo, o local, a marca do granulado sanitário, os produtos utilizados e tente descobrir o que está motivando este comportamento.

Para evitar que seu gato(a) continue urinando em determinado local (sua cama, por ex.), limpe bem a área (http://www.bichosaudavel.com/xixi-no-tapete/),  coloque um comedouro com ração seca próximo ao local e disponibilize uma caixa sanitária neste cômodo da casa. Calma! Estas medidas são provisórias, somente até descobrirmos o que está acontecendo e adotar as medidas para evitar novos acidentes.

Tenha paciência, na maioria das vezes, as urinas pela casa são um pedido de atenção ou uma manifestação de que algo não está bem. Em vez de ficar com raiva e achar que seu gato está se vingando de você, procure saber o que está acontecendo e melhore a vida dele.

Assim , todos ficarão mais felizes! Sua família e seu(s) gato(s)!

Leia mais →
cat toilet

Muitos gatos usam o vaso sanitário. Alguns donos acham anti-higiênico, outros consideram prático.

Os gatos aprendem mais rápido que os cães o local adequado para urinar e defecar. Como eles enterram as fezes e urina (hábito antigo) a caixa sanitária com terra, areia ou similar é facilmente adotada pelos gatos ainda filhotes. Se a caixa sanitária estiver localizada num local de fácil acesso e sem obstáculos no caminho, os gatos tendem a usá-la sem problemas.

Se o gatinho ainda é muito filhote, vale a pena (mais…)

Leia mais →
Carregando..
 
 
focinho do cachorro
rabo do gato