cat_massage

Os gatos costumam ser bem mais difíceis para medicar que os cães.

Já postei aqui um texto com dicas de como dar comprimido para seu gato, mas e se a medicação for uma pomada, spray, gotas nos ouvidos ou nos olhos?

Em geral ficamos correndo atrás do gato com o frasco de remédio na mão e acabamos ajoelhados procurando embaixo da cama, dos móveis, dentro do armário etc.

Os gatos são muito espertos e após algumas aplicações eles vão perceber o “movimento” de pegarmos o remédio ou de abrir o armário que guardamos o remédio. Eles simplesmente somem!

Algumas dicas podem ajudar muito:

  • acostume seu gato a ser manipulado desde filhote, especialmente entre a 3a e 7a semana de vida
  • devemos mexer nas orelhas, nas patas, unhas e boca, de maneira suave e sempre oferecer uma sensação prazerosa em seguida, como um alimento que ele adora, um carinho especial ou até mesmo um pouquinho de catnip (saiba mais clicando aqui)
  • é fundamental ficar atento ao limite do gato e antes dele ficar contrariado, deixá-lo livre
  • neste primeiro momento, não segure ele e nem deixe-o perceber que vai ser aplicada uma medicação
  • este “processo” pode ser rápido, 2 minutos podem ser suficientes
  • repita várias vezes (muitas mesmo! 10-20!) e aos poucos, vá mexendo na boca do gato, deixe o frasco do remédio por perto, agite-o para fazer um barulhinho
  • a ideia é que esta aplicação seja muito gentil, sem agarrões e conflitos
  • nunca grite ou fique nervoso com seu gato neste momento. Ele vai ficar cada vez mais assustado
  • esteja com tudo pronto! Se for necessário tirar algum lacre ou cortar a ponta do tubo, faça antes
  • se  o seu gato é agressivo ou estiver com as unhas muito grandes, corte-as antes. Outra boa opção é vestir uma roupa longa e de tecido mais grosso (calça jeans, blusa de manga comprida)

Ele não deve associar seu contato físico com a aplicação de medicamentos.

Se for o caso dos medicamentos para aplicação na “nuca” (controle de pulgas e parasitos), afaste os pelos e aplique na pele. Tenha certeza de que a medicação vai ser aplicada na região mais difícil para o gato lamber (a língua não alcança esta área atrás do pescoço).

As pomadas e sprays para tratar lesões na pele, devem ser aplicadas e em seguida devemos distrair e/ou vigiar o gato para ele não lamber imediatamente – assim não dá nem tempo para a medicação ser absorvida.

Se o spray fizer um barulho alto que assuste seu gato, não borrife diretamente na pele dele. Aplique num copinho (pode ser a tampa do produto, por ex.) e use um cotonete, algodão ou gaze para aplicação na pele. Cuidado para o gato não associar este barulho à medicação! Faça esta preparação noutro cômodo, longe dele.

Cuidado com a formação de quadrilha! Gatos que vivem juntos se lambem e retiram a medicação uns dos outros, se necessário, deixe-os separados por alguns instantes.

 

Leia mais →
Carregando..