Mastite- inflamação das glândulas mamárias

Three_pups_nursing

A mastite é uma infecção bacteriana nas glândulas mamárias, que ocorre nas fêmeas e raramente nos machos.

Ela pode acometer uma ou mais glândulas e geralmente se desenvolve em fêmeas lactantes (que estão amamentando).

A mastite ocorre mais frequentemente nas cadelas do que nas gatas.

A infecção bacteriana costuma ser ascendente, as bactérias “sobem” através do orifício da mama, mas também pode ser uma consequência de um trauma (os filhotes podem causar machucados nas mamas) ou por via hematogênica (através de bactérias presentes no sangue).

Fêmeas de “patinhas curtas” costumam apresentar mais casos de mastite pelo fato das mamas estarem muito próximas e as vezes até arrastarem no chão.

A falta de higiene também pode contribuir para a infecção.

A mastite costuma ser muito dolorosa e precisa ser tratada.

Se as mamas estiverem quentes, avermelhadas, apresentarem secreção amarelada e a cadela ou gata demonstrar dor quando amamenta, pode ser um quadro de mastite.mastitis

Sinais gerais de infecção como febre, apatia, falta de apetite e filhotes recém nascidos doentes também podem ser indicativos da doença.

O diagnóstico costuma ser simples, através do exame físico da fêmea.

Pode ser necessário realizar exames complementares de sangue, análise da secreção da mama, cultura bacteriana ou até mesmo uma citologia do material aspirado.

O tratamento deve ser prescrito pelo medico(a) veterinário(a), considerando além de tratar a infecção oferecer conforto e controle da dor para a paciente.

Compressas de água morna podem aliviar o desconforto. Mas cuidado com a temperatura! Teste sempre na sua própria pele antes de aplicar nas mamas da sua cadela ou gata.

Se a mastite afetar muitas mamas, pode ser necessário afastar os filhotes da amamentação e oferecer outra alimentação para eles.

Em alguns casos, basta fazer uma suplementação.

Para saber mais sobre como alimentar filhotes, clique aqui.

 

 

 


Carregando..
 
 
focinho do cachorro
rabo do gato